[Resenha] As Violetas de Março - @Novo_Conceito

07 julho 2013
Nome: As violetas de março
Autor(a): Sarah Jio
Páginas: 304
ISBN: 9788581632223
Editora Novo Conceito
Ano de lançamento: 2013
Comprar: Saraiva, Submarino, Livraria Cultura

Emily Taylor é uma mulher jovem e escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio.Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge — a ilha onde morou quando menina — para tentar se reorganizar.Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo — e mais verdadeiro — livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes. Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta.Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história. Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades.
Desde que fiquei sabendo que a Editora Novo Conceito iria publicar esse livro, fiquei muito curiosa para lê-lo, um dos romances que mais desejei ler esse ano. E valeu muito a pena!
"As Violetas de Março" é um romance singelo, doce, irresistível... Um romance que te prende do inicio ao fim.

“Um antigo diário com o poder de mudar tudo… se você tiver coragem de seguir seu coração”

A história começa com Joel se separando de Emily. Até então a vida de Emily poderia ser considerada perfeita, ser uma escritora de sucesso e ter um casamento "feliz", é tudo o que uma mulher poderia querer. Porém, Emily não está nada satisfeita e não faz ideia de como suas vida chegou a este ponto. Ela tem um livro que é um bestseller, mas não tem menor identificação com ele.
Para piorar as coisas, depois desse livro, ela acaba criando um espécie de bloqueio, o que faz com que ela não consiga escrever mais que duas páginas inteiras. E é por estar passando por esses momentos, que sua amiga Annabelle, consegue convercer Emily de voltar a Ilha na qual passava férias de verão com sua família, Bainbridge Island. Emily viaja para se curar disso tudo, e promete a si mesma passar um mês na Ilha, junto com sua tia Bee.

Lá ela encontra muito mais do que estava procurando, e uma dessas coisas é um diário antigo, com capa de veludo vermelha. E esse diário contem mais coisas que ela imagina.

"Seria aquilo um projeto de um romance, ou um diário privado? Fascinada, virei a página, extinguindo meus sentimentos de culpa com grande quantias de curiosidade."

Não posso também deixar de mencionar o romance que não poderia faltar nesse livro. Ao voltar para ilha, Emily conhece Jack. Jack é lindo, solteiro, pintor, alem de cozinhar super bem... O homem perfeito,o  que me deixou completamente encantada.

“Deixo-lhe um pensamento, um pensamento sobre o amor que me levou a passar por muitos fracassos: o grande amor perdura ao tempo, à magoa e a distancia. E mesmo quando tudo parece perdido, o verdadeiro amor vive. Sei disso agora, e espero que você também.”

Com personagens litorâneos, romances do passado, e uma descrição de cenários incríveis,  ”As Violetas de Março” se encaixa naquele tipo de romance que você se apega, que te faz relembrar passagens da sua vida memoráveis, que cada página se torna uma parte da sua lembrança.



2 comentários:

  1. Fe!
    Está na minha pilha para leitura.
    Adoro romances e com cenários paradisíacos e um ?Jack tão perfeito, deve ser maravilhoso, acho que vou passar a frente.


    Receber sua visita no blog traz alegria e felicidade ao meu dia, obrigada! Volte quando puder e quiser, aguardo com carinho.
    Bom domingo!!
    Blogueiras Unidas 1275!
    Paz, amor e muita luz!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  2. Esta capa é linda, confesso que a capa da capa é muito mais bonita... rsrs Estou ansiosa para lê-lo, até o final do ano tem tempo... rsrs

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!