23 dezembro 2017

[Resenha] Todas as cores do Natal - @agenciapag7


"Saber que alguém da minha família me aceita do jeito que eu sou e está disposto a me proteger se for necessário é o melhor presente de natal que eu poderia ganhar." 

Nome: Todas as cores do Natal
Autor(a): Alliah, Bárbara Morais, Lucas Rocha, Mareska Cruz e Vitor Martins
Páginas: 249
ISBN: B077YCQ874
Editora: Agência Página7
Ano de lançamento: 2017
Comprar: Amazon
A Agência Página 7 reuniu cinco autores para contar histórias divertidas e emocionantes sobre personagens LGBTQ+ durante as festas de fim de ano. "Todas as Cores do Natal" propõe trazer a voz dos escritores enquanto pessoas LGBTQ+ para ilustrar as experiências de seus personagens a partir de uma perspectiva mais próxima. Escrever com essa propriedade de fala é conhecida como “own voices” no mercado internacional e é muito importante para a diversidade na literatura.Nessa coletânea, Vitor Martins narra uma divertida história de amigo secreto no curso de inglês que vai fazer o leitor morrer de amores e vergonha alheia por Renato. Já Bárbara Morais traz o universo das Garotas Mágicas para salvar o Natal na capital do país e falar sobre a importância da amizade verdadeira. Lucas Rocha conta como Danilo só queria um fim de ano comum, mas, de repente, tudo dá errado na noite de Natal e ele se vê preso em uma tempestade envolvendo um peru assado, um cachorro e o garoto por quem ele tem uma quedinha. Alliah mostra que uma simples viagem em grupo de fim de ano para uma ilha no litoral do Rio de Janeiro pode revelar seres sobrenaturais sofrendo com as alterações mágicas causadas pela poluição dos mares. Para fechar com chave de ouro, Mareska Cruz fala sobre a relação de Benedita com o Natal desde o seu nascimento: são quinze anos de pura diversão, coração partido, amor e amizade.

Aproveitando o clima natalino, que chegou muito rápido este ano, a agência Página7 reuniu cinco autores nacionais e produziu uma coletânea de contos com protagonistas LGBTQ+ envolvendo as tradições e aventuras do Natal. Por enquanto o livro está disponível apenas em formato digital, e eu vim falar um pouco sobre ele aqui no blog.

No primeiro conto, escrito por Vitor Martins (autor de Quinze Dias), "Vinte Bombons de Banana" somos apresentado ao maior terror de todas as pessoas nessa época do ano, o amigo secreto, e a sala do curso de inglês de Renato está organizando um "secret santa", e para a felicidade dele, a pessoa que ele tirou é o Daniel Aoki, seu crush secreto desde o primeiro dia de aula. Na tentativa de impressioná-lo e de quebra tentar gerar no menino um interesse amoroso, vamos acompanhar Renato em busca do melhor presente possível. Com uma espécie de plot twist muito engraçado, este conto é um dos mais divertidos da coletânea e é impossível não torcer para os dois ficarem juntos. 

"Saber que alguém da minha família me aceita do jeito que eu sou e está disposto a me proteger se for necessário é o melhor presente de natal que eu poderia ganhar." 

Logo em seguida temos o "Garotas Mágicas Super Natalinas" por Bárbara Morais, que vai misturar o Natal com elementos fantásticos. Sofia precisa descobrir como usar o poder do amor das Guerreiras do Amor e da Justiça, um grupo de garotas responsáveis por proteger a Terra, se isso não acontecer ela pode perder o seu posto. Com uma história envolvendo vilões tentando destruir Brasília e personagens se descobrindo, Bárbara passa uma mensagem importante e bem divertida através de seu conto.


"A Aventura do Peru de Natal" é o terceiro conto da coletânea escrito por Lucas Rocha, e traz, assim como o conto do Vitor, um clima mais engraçado e que pode proporcionar ao leitor algumas risadas. Vamos, aqui, conhecer Danilo, que tem a missão de cuidar do cachorro da vizinha e levar o precioso peru de natal para a ceia na casa de sua vó, e alguns fatores vão dificultar essas tarefa. Assim o protagonista se vê obrigado a pedir carona a seu crush e vizinho, que não gosta muito de comemorar o Natal, e junto com o Danilo vamos descobrir o porquê. O que mais me chamou a atenção aqui é que o autor não foca muito no romance, mas sim na relação de amizade e empatia que os dois criam entre si, e isso que me fez gostar bastante dele.

"Dizem que a gente só dá poder para comentários maldosos quando reconhece que eles podem nos afetar. Eu tenho problemas maiores do que me preocupar com o que gritam ou deixam de gritar pelos corredores." 

Alliah vem nos apresentar o conto mais longo do livro e o que contém mais representatividade (com vários personagens com orientações sexuais diferentes, como pan, demi e trans) e assim como Bárbara Morais, insere elementos fantásticos, como sereios (!!). Não tem o natal tão explorado e por ser um conto, ele acaba tendo muitos personagens mas sem dar ao leitor uma conexão, eu acho que ele funcionaria melhor num livro, separado e mais desenvolvido.

No último conto, "Os Quinze Natais de Benedita", temos uma protagonista bissexual, e vamos conhecer todos os natais que ela já presenciou, contando suas aventuras e desventuras com seu cachorro Bartolomeu. A autora, Mareska Cruz, aprofunda muito nas emoções de Benedita e proporciona um conto muito bonito e que faz jus ao tema natalino, e é, para mim um dos melhores contos deste livro.

Por fim, a Página7 acertou em cheio ao realizar essa coletânea, principalmente por tratar a questão da diversidade sexual, que é um tema super atual e que muitas pessoas estão se descobrindo, e representar isso na literatura é muito importante, fugir do "padrão" que a gente sempre vê e realmente dar representatividade às pessoa que quase nunca eram citadas e que agora conseguiram voz. É um ótimo livro para entrar no clima natalino, que em nenhum momento é deixado de lado, vale muito a pena.


Até mais!
Jorge.

Um comentário:

  1. Olá, Jorge. Não conhecia o livro de contos mas eu adorei a capa. Eu não li nenhum livro com o tema LGBT até hoje, infelizmente eu não me sentia a vontade com o tema, mas agora me sinto impelida a ler, acho que estou começando a perceber o quanto esse tema tem agregado tantas coisas.
    Beijos!
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!