[Resenha] Simplesmente O Paraíso - @editoraarqueiro

29 março 2017

Nome: Simplesmente o Paraíso #1
Autor(a): Julia Quinn
Paginas: 272
ISBN: 9788580416626
Editora: Arqueiro
Ano de lançamento: 2017
Comprar: Saraiva

Honoria Smythe-Smith é parte do famoso quarteto musical Smythe-Smith, embora não se engane e saiba que o dito quarteto carece sequer do menor sentido musical e tem esperanças postas que esta seja a última vez que se submeta a semelhante humilhação. Esta será sua temporada e com um pouco de sorte conseguirá um marido.
Durante um jantar, põe seus olhos em Gregory Bridgerton, um dos mais jovens da família Bridgerton. Sabe que não está apaixonada, mas ele parece uma opção mais que válida.
Marcus Holroyd é o melhor amigo do irmão de Honoria, Daniel, que vive exilado na Italia. Ele prometeu olhar por ela e leva suas responsabilidades muito seriamente. Odeia Londres e durante toda a temporada, permaneceu vigilante e intermediou quando acreditava que o pretendente não era o adequado.
Honoria e Marcus compartilham uma amizade, pouco atípica, fruto dos anos que se conhecem e que o torna parte da família.
Entretanto, um desafortunado acidente faz que ambos repensem sua relação e encontrem a maneira de confrontar o que surge entre eles, se tiverem coragem suficiente.

Há alguns anos atrás eu li meu primeiro livro da Julia Quinn, eu me encantei tanto pela história e sua forma de escrita que a única coisa que pensava era em ler mais coisas escritas por ela. 

Quando eu soube do lançamento dos livros do quarteto, eu fiquei muito ansiosa para ler, afinal de contas ia poder conhecer um pouco mais da história desses personagens que nos deixam curiosos na série "Os Bridgertons", sim eles aparecem nos livros, mesmo que seja pouco, porém deixando aquele gostinho de quero mais.

Assim como na série "Os Bridgertons", os livros do quarteto "Smythe-Smith" são compostos por protagonistas diferentes, porém,  todos se interligam  de certa forma. 


Nesse primeiro livro, "Simplesmente o Paraíso" vamos conhecer a história de Honoria Smythe-Smith, uma jovem de vinte e um anos que está desesperada para se casar, afim de não ter que participar do quarteto. Que nada mais é que uma tradição de família, onde quatro jovens solteiras com idade para casar se apresentam para a sociedade londrina na expectativa de arrumar um bom partido para se casarem. No entanto, elas são péssimas  e Honoria tem plena consciência disso, só que desaa vez ela está determinada a arranjar um bom marido e não vai deixar as oportunidades​ passarem.


Marcus Holroyd é o melhor de Daniel, irmão mais velho de Honoria que há alguns anos doi exilado de Londres por motivos que só vamos conhecer mais para frente, porém antes de partir, Daniel fez Marcus prometer que cuidaria de sua irmã e afastaria todos os pretendentes que não fossem bons o suficientes para ela.

Marcus é um verdadeiro cavalheiro, foi criado para ser dono de uma grande fortuna e agora possui o título de Conde. Mas ao contrário do que muitos pensam, ele está tão desesperado por uma esposa assim e odeia temporadas sociais.  Contudo, para cumprir a promessa que fez a seu amigo, ele abre uma exceção e comparece a alguns delss, somente para observar Honoria.

Eles nunca se olharam de outra forma, senão como amigos e Marcus estava se divertindo bastante com a situação atual de Honoria. No entanto, algo inacreditável acontece e um beijo, acaba despertando certos sentimentos que eles não faziam ideia de que existiam.


Bom, o que falar do livro? Eu simplesmente amei. Amei a leitura, os personagens e preciso dizer que estava morrendo de saudades de um romance como esse.

Julia Quinn é uma autora maravilhosa e quando se trata de romances de época ela domina completamente o assunto. E também minha autora favorita do gênero.

Com uma trama envolvente, euam narrativa fluída, personagens carismáticos e romance na medida certa a autora conquista o coração dos leitores com esse livro incrível.


"Simplesmente o Paraíso" se tornou um dos meus livros favoritos do gênero e eu estou muito ansiosa para ler os outros (e ver mais Bridgertons por aí).

Não há como não fazer recomendações do livro, então eu vou deixar aqui a minha dica, leiam Julia Quinn, se deixem apaixonar e se encantem por essas mocinhas que não são nenhum um pouco indefesas.

Esse livro foi uma cortesia da editora.

Beijos!

5 comentários:

  1. Eu amei muito Honoria, não foi minha favorita da série, mas eu achei a história muito divertida e talvez, a mais sincera. Ela tem uma personalidade que eu gostei bastante e o par romantico dela também é ótimo.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Ainda não tive nenhum contato com a escrita da autora, mas só vejo elogios e isso me deixa cada vez mais curiosa para fazer a leitura de suas obras.
    Quando lançou esse quarteto eu fiquei louca para comprar e ler, mas estava bem caro e eu sem dinheiro.
    Adorei saber que o livro se tornou um dos seus favoritos do gênero e que Honória é tão cativante.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  3. Oi, Fernanda!
    Que fotos maravilhosas para complementar essa capa linda. Cada resenha que leio dessa autora me dá mais vontade de conhecer sua escrita. Preciso de um curso básico de como me iniciar nesse universo.
    Gostei de saber que as protagonistas tem fibra.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Fê!
    Esse é único livro da série que mais me chama atenção, já acompanhei várias resenhas e ele me pareceu tão leve e convidativo <3
    Vou tentar ler em breve!
    Beijos.

    Obs.: Amei sua resenha <3

    ResponderExcluir
  5. Oie
    romances de época estão cada vez mais em época, legal, espero poder arriscar em alguma hora mas essa não é a autora que mais me atrai, mesmo assim parabéns pela resenha

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!