Lançamentos da editora @NovoSeculo - Nov/2015

13 novembro 2016

Hello people!
Vamos conhecer um pouco dos lançamentos da Editora Novo Século do mês? Entre eles estão "Doutor Estranho", "O último dos guardiões" e muita coisa legal. Não estou sabendo lidar com tanto lançamento bom de uma vez não cabe no bolso rs. Confiram:

O mundo está desmoronando. A criminalidade só aumenta, a economia global é um abismo sem fim. Doutor Stephen Strange, o Mago Supremo, derrotou hordas de demônios, lutou contra forças malignas e defendeu incansavelmente nosso reino de exércitos Interdimensionais. Mas quando um perigoso sonho passa a inspirar pessoas comuns a agir conforme suas ambições mais soturnas, Doutor Estranho é obrigado a confrontar não apenas seu arqui-inimigo, Pesadelo, mas suas próprias fraquezas. O Mago Supremo deverá afundar-se nos pesadelos, delírios e anseios de todo o mundo. Para salvar o Reino dos Sonhos, ele terá de abrir mão de algumas das suas próprias ilusões – incluindo seu heroísmo. Quais sonhos assombrarão o Mago Supremo ao longo desse percurso?




A temível conspiração para destruir a família que governa o Império Annuriano está longe de terminar. Após descobrir a identidade do assassino de seu pai, Adare foge do Palácio da Alvorada em busca de improváveis aliados para confrontar o golpe contra sua família. A jovem, porém, criada em meio a confortos palacianos, parece completamente despreparada para os implacáveis perigos à espreita. E como esconder de todos seus olhos tocados pelo fogo, imediatamente reconhecíveis? Enquanto isso, Valyn e sua facção, agora membros renegados da maior elite de combate do Império, recebem a missão de escoltar o imperador Kaden até os kenta, os misteriosos portões que conduzem a qualquer parte de Annur. Em seu encalço, uma facção kettral – não uma qualquer, mas a melhor de todas – destinada a caçá-los. Em seu caminho, os urghuls, hordas bárbaras que vivem nas fronteiras do Império e cujas hediondas histórias de sacrifício ao deus da Dor são dignas de provocar os pesadelos mais assustadores. Contudo, há presságios de intrigas e traições ocultas que prometem ser ainda piores.  Mantendo o ritmo alucinante e imaginação única que conquistaram uma legião de leitores com O imperador das lâminas, Brian Staveley  nos providencia uma sequência tão intensa e vigorosa quanto o fogo.
No auge do regime militar, às vésperas do anúncio do Ato Institucional nº 5, um segredo guardado por mais de sete décadas é apreendido na cidade do Rio de Janeiro. Com ele, um grupo de militares, liderado por um oficial sem escrúpulos, leva sob custódia o único homem capaz de desvendar seu mistério. Quarenta anos depois, um atentado terrorista dentro da segunda maior hidrelétrica do mundo, aparentemente articulado por um louco, tem ligações diretas com esse acontecimento do passado. Sem conhecer seus motivos, um dedicado defensor público e uma bela historiadora decidem sair em busca da verdade, encontrando sob o reflexo das águas um lugar há muito tempo esquecido.  Agora, cabe a eles desvendar, com a ajuda das palavras descritas em um antigo manuscrito, o mais importante segredo do último imperador do Brasil. Uma viagem repleta de aventura, mistério e perseguições alucinantes, por alguns dos mais bonitos cenários do território brasileiro. Um livro fantástico que levará o leitor a conhecer um novo universo de traições, ambições sem limites e segredos tão próximos de nós que jamais poderíamos imaginar…

Um laboratório secreto no interior de Goiás é invadido por militares, e seu principal cientista foge, levando consigo os segredos para a utilização de uma tecnologia cobiçada em todo o mundo. Trinta e três anos depois, uma crise nas bases do Setor 27 coloca seus principais líderes em conflito, e um negócio de milhões surge como a única oportunidade de resgatar a integridade do grupo, agora fragmentado. Fernando e Gabrielle são então convocados para impedir que a tecnologia perdida caia em mãos erradas e coloque em risco milhares de pessoas inocentes. Em meio a perseguições e enigmas deixados pelos cientistas, eles são os únicos capazes de desmascarar essa trama internacional e colocar um fim às ações de um homem em busca de vingança. Ação e mistério vão prender o leitor da primeira à última página deste thriller.


Após um confronto sangrento em um dos castelos da Ordem dos Templários, em Portugal, a chave para o maior tesouro da história da sociedade secreta desaparece. Em Lisboa, um dedicado soldado cristão surge em meio a uma madrugada enevoada e passa às mãos de Dom Inácio de Loyola a responsabilidade de manter seguro esse perigoso segredo. Quase quinhentos anos depois, uma série de assassinatos aparentemente não relacionados entre si faz com que Fernando, um advogado de sucesso, e Gabrielle, uma historiadora famosa, busquem em várias cidades do Brasil indícios de ligações entre os crimes violentos, a epopeia de Camões e as missões cristãs na América Latina. O tesouro da Ordem de Cristo é mais um engenhoso romance da aclamada série “Setor 27”, a qual tem se destacado por unir a história do Brasil a tramas policiais ricamente elaboradas. Como um quebra-cabeça, esta aventura desafia a sagacidade do leitor página a página. Uma narrativa de perigos e mistérios, que irá transportá-lo através do tempo em busca de um dos últimos grandes segredos da humanidade.

Se você já sentiu que não poderia suportar a dor da tristeza e da solidão, este livro é para você. Com delicadeza e realismo, Viviane N. Maldonado toca a essência feminina e encoraja mulheres a acreditarem em si mesmas para alcançar o verdadeiro amor e a felicidade incondicional. Mulheres com Asas traz uma perspectiva diferente sobre os acontecimentos da vida e sobre como deveríamos lidar com eles. Abordando temas cotidianos, a autora relata de forma bela e otimista a superação do sofrimento, questões de autoaceitação e de aprisionamento afetivo, mostrando como é possível reerguer-se e traçar uma jornada própria de compreensão, coragem e liberdade.





O aparecimento do corpo decapitado de uma jovem loira em um terreno baldio dá início a uma busca pelo assassino. Mobiliza a polícia e a população em busca da verdade. Seria mais um assassinato do serial killer do norte do país? Jaime é um psicólogo que adora mistérios e sabe quem é o verdadeiro autor de crime tão brutal. Mas ele é amigo do assassino. E, a cada dia que conhece a verdade, mais cresce o seu fascínio pelo novo morador da cidade, o milionário Frederich Augsparten. Jaime passa a frequentar a Mansão do Rio Vermelho e a conhecer todos os fatos que estão envolvidos na história da casa de mais de trezentos anos. Quanto mais se envolve com o vampiro, mais percebe que, para o seu próprio bem e o de sua amada Patrícia, não poderá deixá-lo nunca mais. No entanto, forças que poucos conhecem e dominam se mobilizam para pôr um fim à presença de Augsparten na pequena cidade de São Luiz. O que poderá impedir que o vampiro seja exterminado de uma vez por todas?


Não leia isso, não é o que você pensa. Mas, se for ignorar meu aviso, vai saber exatamente no que está se metendo. Não diga que não avisei. É impossível descrever todos os tempos ancestrais que caminham conosco por essas ruas, envoltos por ilusões, eles acobertam sua perversidade no anonimato. Amor perdido, o câncer que se instala no peito de um andarilho noturno, escondendo seu coração do que parece real.  No escuro, obcecados por desejos vazios, pinturas de pesadelos são trocadas por monstros mortíferos de formas originais estarrecedoras. Bairros dançam a céu aberto, sussurrando promessas de sonhos exóticos contaminando suas vítimas com delírios noturnos repletos de amor e paixão. Um estranho em uma cidade estranha.



O tempo é algo subjetivo. Ele pode ser infinito para alguns e efêmero para outros. No entanto, uma coisa é certa: todos nós temos nosso tempo. E o de Raquel e Gabriel está acabando, pois ambos foram diagnosticados com leucemia. Ela tem 16 anos e ele, 6. Apesar da diferença de idade, ao se conhecerem no hospital, os dois rapidamente se tornam melhores amigos. Juntos, descobrem como aproveitar seus últimos dias, em meio a tantos tratamentos, remédios, dores, exames e olhares piedosos, tornando a dura e triste rotina do hospital um pouco mais divertida. Seja com uma coleção de pores do sol, observando formatos de nuvens, assistindo a desenhos infantis ou lendo O Pequeno Príncipe, mas, principalmente, acreditando que em todo fim existe um novo começo.



No sudoeste goiano vive a senhorita Ana Oliveira, uma camponesa marcada por um trauma: um ataque que sofreu anos atrás. Aos vinte anos de idade, ela está solteira e sem segurança alguma para ter um homem ao seu lado. Entretanto, Ana não imagina que um convite para passar uma temporada no sul do país também implica passar várias semanas na companhia do homem mais tentador que já conheceu, Alberto Genoom. Logo, ela se vê em um conflito de sentimentos. Ele, no entanto, parece determinado a não deixá-la escapar. Em meio a tudo isso, há um mistério por trás do ataque que a camponesa sofreu na adolescência. Poderá Ana superar seu trauma e confiar no amor?




Se sobrevivesse a um sequestro relâmpago, o que você faria? Se a sua mulher fosse vítima de pornografia por vingança, como reagiria? E se tivéssemos um papa brasileiro? Esses são alguns dos enredos deste elegante livro de contos e crônicas, que dramatiza temas cotidianos com surpreendente desenvoltura. As sutilezas psicológicas dos personagens confrontando forças superiores do destino são habilmente descritas em narrativas refinadas e envolventes. Ensaio, crítica social e humor estão presentes em tramas com desfechos inesperados na cidade do Rio de Janeiro. Fé e carnaval, amor e traição, poesia e prosa primorosamente se encaixam nos contos e crônicas do livro A confissão e outros contos cariocas.




Com lirismo visceral, o livro Da eloquência das lápides e outros poemas arrebata os amantes da literatura. Uma poesia lapidada, com raiz em intuições genuínas, artesanalmente esmerada em versos impactantes. Nos poemas, um conjunto de sensações harmonicamente estruturadas induz os espíritos a um permanente estado de suspension of disbelief (suspensão de descrença), expressão de Samuel Taylor Coleridge. Sem perceber, o leitor é inebriado pela cativante atmosfera poética, sentindo -se sadiamente embriagado, como Charles Baudelaire no poema Embriagai-vos: “Deveis andar sempre embriagados. Tudo consiste nisso: eis a única questão. Para não sentirdes o fardo horrível do Tempo, que vos quebra as espáduas, vergando -vos para o chão, é preciso que vos embriagueis sem descanso/ Mas, com quê? Com vinho, poesia, virtude. Como quiserdes. Mas, embriagai -vos” (trad. de Paulo de Oliveira). Obra para ler e reler.



Suplentes de Deus é a epopeia de quatro amigos que inocentemente caem numa trama internacional, cujo cenário visível é o sonho dourado de todo executivo. Por trás do luxo, altos salários, viagens e reconhecimento oculta-se uma criminosa organização que escraviza esses companheiros e os submete com grilhões emocionais tão fortes que talvez o único caminho para a liberdade pessoal e de seus familiares queridos seja a própria morte. Enquanto esta não vem, a opção é viver em eterna angústia, depressão, tristeza, porém com a arte de fingir felicidade e submissão. A história envolve o leitor num tal clima de insegurança e desconfiança que a cada diálogo é possível sentir o risco assumido em cada palavra proferida, em cada olhar disparado ou em cada expressão facial demonstrada. A autenticidade dos cenários e tramas deixa o leitor com a sensação de que as personagens são reais, que viveram cada parte da história e que a ideia criminosa já é uma realidade nos dias de hoje.


Que importância pode ter um corrimão? A resposta a esta pergunta, aparentemente trivial, é o fio condutor da narrativa que a jornalista Valquíria Sganzerla escolheu para compartilhar a experiência de quem é diagnosticada com esclerose múltipla, aos 35 anos, passa a entender como a doença, até então não identificada, já havia marcado momentos da sua vida e continua construindo a própria história, passo a passo, dia a dia, apesar da dura realidade. Da euforia aparentemente deslocada, ao receber a notícia do neurologista, às múltiplas emoções experimentadas ao longo dos anos que convive com a doença, a jornalista compartilha, sobretudo, os caminhos que escolheu para não se render à tentação de apenas sobreviver à enfermidade, as trilhas para aproveitar o que a vida ainda tem para lhe oferecer. E todos esses caminhos convergem para corrimões. O corrimão físico, no qual nos apoiamos ao subir (ou descer) uma escada, quando temos dificuldade de locomoção. O corrimão afetivo, calcado nos relacionamentos de amor e amizade, que nos sustenta quando mal podemos contar com as nossas próprias pernas. O corrimão da fé, encontrado a partir das dúvidas que nos abatem quando nos vemos em um beco sem saída e que se alimenta da capacidade de enxergar a benção da vida além do próprio umbigo. Valquíria descobriu a importância de cada um deles e, generosamente, conta-nos como isso aconteceu, em um relato amoroso e tocante. Vera Dias, jornalista, consultora de comunicação e autora do blog 2xTrinta

Da mudança em cima da carroça, rumo à morada dos sonhos – um quarto de madeira mobiliado apenas por uma rede –, passando pela caminhada rumo ao arraial do bairro do Areal pela rua Rio de Janeiro às escuras, depois de um dia de fome, até a formatura em Campina Grande, quando achou ser seu dia mais feliz. Depois de ter ido à escola aos nove anos, dias depois de ter sido registrado como cidadão brasileiro, eles rema­ram contra a maré que condena pessoas pobres ao esquecimento social e finalizaram sua história em uma madrugada sombria, dentro de um leito de hospital, como sempre ligados; juntos. A história de dona Ivete e seu filho continuará dando asas às muitas outras espalhadas pelo Brasil. Histórias de um povo que sonha em resgatar a esperança perdida no emaranhado de difi­culdades que a vida lhes impõe. Eles viveram em uma terra de heróis e fizeram de suas vidas um verdadeiro aprendizado sobre companheirismo, amor, determinação e fé. Eles viveram em busca da verdadeira FELICIDADE. Filho de Águia é uma história que fala sobre superação, foco e determinação; fala sobre vitórias emocionantes, derrotas dolo­ridas e perdas irreparáveis; fala de aprendizados eternos e lições para toda vida. É uma história comum, é a história de todos nós, todos os que sonham e realizam seus sonhos.

Quantas pessoas vivem uma vida inteira sem jamais provar o doce e ardoroso sabor de se apaixonar? E, pior, quantas e quantas nunca têm a chance de viver um grande amor sequer por um momento e partem sem conhecer esse, que é o maior prazer que se pode ter nesta breve existência? E quão poucos são os que têm a chance de se apaixonar e viver dois ou mais grandes amores na vida?! Denis é uma dessas pessoas. Mas o que fazer quando os amores são simultâneos e nos forçam a fazer a mais terrível de todas as escolhas – um único amor? Como fazê-la? Que critérios o coração deve seguir para escolher entre dois amores, tão grandes e indispensáveis?







Em uma terra distante, uma história de amor foi interrompida pela desgraça e uma maldi­ção. Um poder tão maligno que se alimenta dos sentimentos ruins das pessoas, causando dor e so­frimento. E enquanto isso, desafios são colocados à prova e cada escolha pode moldar o futuro. O cavaleiro e a dama. O guerreiro e a don­zela. Até que se descubra um poder superior e benigno para pôr fim ao malefício. Apaixonante história que combina pre­conceito e amor, fé e maldade, criaturas terrí­veis e heróis. Um livro para os pais, sentados à beira da cama sob a luz de um abajur, lerem para seus filhos antes de eles dormirem.








Isabela Garbocci tem seus dias contados. Ainda não sabe disso, e caminha passo após passo com peso nos ombros, os cabelos longos e louros carregados de estática, os pés apertados dentro do sapato do uniforme da escola indo de encontro ao solo quente e úmido de uma chuva de verão carioca. Nada lhe apetece e o clima ensolarado lhe é um tormento para a alma obscura. Tudo parece mudar, contudo, quando vai à festa boêmia na casa de seu melhor amigo. Ouvindo a música latente em meio às luzes vermelhas, sentindo-se finalmente acolhida em meio à vida noturna, Isabela conhece Miguel: um rapaz de cabelos azuis e conversa interessante, que sentiu imediatamente atração pela garota. Uma série de reveladoras sensações se instala na mente de Isabela após esse evento. Ainda por cima, recebe uma ligação suspeita de seu primo Serafim, que não vê desde a infância, clamando ter saído de casa e necessitando de abrigo. Agora, Isabela terá de encarar os próprios medos, enfrentar sua cólera e resguardar o que mais lhe é precioso: seu coração.


Da janela de um bistrô, Isaque vê a jovem Beatriz ser agredida por um homem, que foge levando-a com ele. Após alguns dias, Beatriz aparece na igreja que Isaque frequenta, mas é hostilizada por Rodolfo, um líder preconceituoso.  Constrangida, a jovem vai embora e entra na Rua de Todos os Deuses, uma rua proibida para cristãos, pois nela habitam sete homens conhecidos como os destruidores da fé. Isaque quebra todas as regras, entra nessa rua e ouve as mais terríveis acusações contra os cristãos. Com a fé abalada, conhece Euzébio, um padre excluído por se casar. Euzébio o ajuda a quebrar alguns paradigmas religiosos e o faz entender que pecado é o desamor. É a arma que Isaque usará contra seus adversários. A obra é mesclada por um paralelismo entre a luta contra as várias facetas do preconceito, e o arriscado desejo de descobrir quem é o misterioso algoz de Beatriz. Veja o que há por trás dessa incrível história. Um emocionante romance que aborda religião e preconceito.

Dono de uma beleza e uma fortuna invejável, Tony tem tudo o que um homem deseja, menos a felicidade. Ele esconde uma dor profunda de culpa, é um sonhador dominado e oprimido pelo pai. Cansado de todas as imposições que o dinheiro lhe faz, Tony abdica de tudo e sai em busca da felicidade, compondo suas músicas e sendo livre. Porém, a vida coloca o amor em seu caminho, na forma de tudo aquilo que ele despreza: arrogância, dinheiro e poder. Assim é Lívia, a mulher que faz com que novamente ele tenha que escolher. Uma linda história de recomeços, perdão e amor!






Galaniel e seus companheiros recém-chegaram à linha de frente. Calouros que acabaram de sair do treinamento. A guerra em seu ápice assola o reino de Kor. O inimigo infernal avança com todo seu exército. Os guerreiros morrem às centenas… Milhares… As primeiras batalhas… As primeiras perdas… Como surgiram Os Oito? De onde vem sua fama? Qual sua trajetória? Conseguirão eles deter a horda de demônios e ajudar seu povo? Acompanhe o relato de Galaniel sobre as principais batalhas das quais ele e seus companheiros participaram. Venha você também lutar com… Coragem e Honra!









Então, o que acharam?

Beijos!

0 comentários. Comente Também!:

Postar um comentário

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!