21 novembro 2014

[Resenha] Fake - @donashakespeare

Nome: Fake
Autor: Felipe Barenco
Páginas: 264
ISBN: 9788568148006
Editora: Umô
Ano de Lançamento: 2014
Comprar: Link

Téo está prestes a completar vinte anos e foi aprovado para o curso de Direito. Não bastasse a euforia em começar a faculdade, ele conhece Davi, um garoto que acabou de chegar ao Rio de Janeiro para ser ator. Os dois se apaixonam, mas como o mundo real costuma ser um pouquinho menos perfeito do que as comédias românticas, quanto mais Téo se aproxima do rapaz, mais descobre que não sabe nada sobre ele.

"Fake" um YA (Young Adult), livro de estreia de Felipe Barento, nos trás a história de Téo, um garoto de 19 anos, que acaba de conseguir uma vaga na faculdade de Direito.

 Levando uma vida sossegada e quase perfeita com a família, com uma tia, uma avó e um melhor amigo extremamente engraçados, Téo inicia um novo período de sua vida, e se encontra na necessidade de contar aos familiares que é homossexual.

 Certo dia surge um interesse amoroso na história, Davi, um garoto do interior de São Paulo, que foi em busca de emprego para o Rio de Janeiro, conhece Téo, que se apaixonam. Téo enfatiza toda a história, pensando que Davi é o "Príncipe Encantado".
“Antes de nascer, Deus me perguntou: ‘Téo, você quer ser platônico ou daltônico? ’. Eu respondi rápido, me achando muito esperto: ‘Daltônico não, não quero ver o mundo em preto e branco’. Então, Ele se vingou de mim: ‘Vai, Téo, siga platônico. E esteja fadado a enxergar cor onde simplesmente não existe’.”
 Depois de um tempo Téo irá descobrir que Davi não é realmente o "mocinho da história" dando uma reviravolta imensa, livrando o livro do clichê e ganhando um final digno.

 Iremos acompanhar Téo, como se fôssemos melhores amigos, como se estivéssemos lendo seu diário, acompanhando de perto todas as suas emoções, sentimentos e dúvidas.

 Não achei nenhum ponto negativo relevante no livro, afinal o título, o desenho da capa e a frase de abertura, fazem jus à história inteira. Felipe Barento me surpreendeu bastante com a história e com os personagens, consegui devorá-lo em apenas um dia, pois é de uma leitura fácil, totalmente engraçada e sem contar que enchi o livro de marcações.

 Mais uma coisa legal sobre a escrita, é que no corpo do texto há vários emoticons nas falas dos personagens e na narração de Téo.

Eu gostei muito da leitura, para falar a verdade, fiquei com um pé atrás ao descobrir que era um romance gay, mas por indicação de uma amiga, acabei adorando o livro, e perdendo todo o meu preconceito. Agradeço muito ao autor por me mandar o livro e me proporcionar uma leitura maravilhosa!


          Este livro foi uma cortesia do autor     

Um comentário:

  1. Oi Jorge!
    Ainda não conhecia o livro, mas adorei saber um pouco da história. Já vou colocar nos meus desejados e assim que der irei lê-lo. Ótima resenha e obrigada pela dica.

    Beijos!
    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!