[Resenha] Mordida - @galerarecord

02 novembro 2012

Nome: Mordida
Autor(a): Meg Cabot
Páginas: 308
ISBN: 9788501097415
Editora: Galera Record
Ano de lançamento: 2012
Comprar: Saraiva

O poder especial de Meena Harper finalmente será valorizado. A Guarda Palatina - uma poderosa unidade secreta que caça demônios - a contratou para trabalhar na filial de Manhattan. A questão é: seu ex-namorado, Lucien Antonesco, é filho do Drácula e o príncipe da escuridão. Tudo bem, Meena decidiu que já chega de vampiros em sua vida... Ao menos até que consiga provar que, mesmo não tendo alma, os seres demoníacos não perderam a capacidade de amar.




Antes de dizer como o livro é e o que achei da história, preciso falar de "Insaciável". No primeiro livro, Meg faz uma bem humorada reflexão sobre a moda de caninos alongados que tomou conta da cena pop mundial: seja em filmes, livros, séries de televisão ou músicas.No divertido Insaciável, Meena Harper é uma roteirista de novelas que acaba de perder uma sonhada promoção para a sobrinha dos produtores executivos da emissora.

Uma perua sem talento, sem nenhum comprometimento com os personagens e cuja única preocupação é o próprio peso. Para piorar, a primeira providência de sua nêmesis foi inserir vampiros na trama. E Meena logo se vê obrigada a escrever sobre os sanguessugas, apesar de não acreditar na sua existência.

Não que Meena, seja uma cética completa. Nem poderia. Ela consegue dizer quando — e como — todos que conhece vão morrer. Mas seu dom sombrio não a torna exatamente popular. Depois de algumas decepções, ela simplesmente acha mais simples avisar as pessoas para mudarem itinerários, visitarem o médico, sem nenhuma outra informação. É por isso que ela acha estranho quando conhece Lucien Antonesco, o belo e misterioso príncipe romeno e primo de seu vizinho, e não capta nada.O problema é que Lucien já está morto.

Apesar de parecer ser tudo o que Meena sonhou encontrar num namorado. Descontando a parte em que ele está no meio de uma guerra entre clãs vampiros rivais e fugindo da Guarda Palatina, caçadores de demônios à serviço do Vaticano (...)

Agora falando de "Mordida"...

O que falar realmente desse segundo livro? Pra ser sincera, não sei bem como começar, pois tudo que você pensa ser impossivel, inacreditavel, acontece (não que essas coisas sejam reais), fiquei admirada com a capacidade da Meg de escrever, uma mulher de imaginação incrivel! Ela é definitivamente uma das minhas autoras favoritas. Mas voltando...

Nesse segundo livro, a história se passa seis meses após a conclusão de Insaciável, onde agora Meena faz parte da Guarda Palatina. Lucian ainda está escondido e tanto Alaric quanto toda a guarda estão a procura do príncipe das trevas.

Apesar de ter visto muitas criticas negativas sobre o livro, tenho que dizer que não me decepcionei nem um pouco com a história, ao contrário, "Mordida" é quase a medade das paginas de "Insaciável" e mesmo tendo poucas paginas, a Meg soube trabalhar muito bem no final da história. Os fãs do Lucien que me perdoem, mas eu amei o final, e olhando por um outro ponto de vista, acho que foi a melhor forma de terminar essa história.



3 comentários:

  1. Sua resenha é a primeira que eu leio com uma critica positiva desse livro, até me animei para ler.

    profanofeminino.com

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curiosa. Acho que vou ler esses livros. Mas, ei, o que você quis dizer com "os fãs de Lucien que me perdõem"? Agora quer me matar de curiosidade! ¬¬

    Bem, tem um meme para vocês lá no blog: http://fa-clube-angels.blogspot.com.br/2012/11/meme-um-pouco-sobre-mim.html#comment-form
    Quando responderem me avisem, ok?

    Beijokas
    Karol Araújo
    http://fa-clube-angels.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia! Voce vai gostar muito :)
      Ah, isso não posso contar, senão dou spoiler, rs

      Beijos!

      Excluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!