Série Lagoena

11 outubro 2012

No dia 4 de outubro estreou a série literária Lagoena, no site BookSérie (www.bookserie.com.br). A obra de ficção fantástica publicado em formato de série virtual é o primeiro romance da autora Laísa C., influenciada pelas obras clássicas de fantasia, contos de fadas e lendas locais que conhecia desde criança esboçou os primeiros capítulos da obra com o intuito de apresentar aos leitores uma idéia original e mágica como encontrou em tantos outros autores que admira.
      Lagoena é apresentada ao leitor por temporadas e episódios. A primeira temporada intitulada A Terra Secreta tem 14 episódios completos, a segunda, A Pequena Guardiã, estreou dia 7 de fevereiro. Hoje, a série virtual tem duas temporadas expostas na íntegra. O site BookSérie disponibiliza um episódio por dia para leitura que é online e totalmente gratuita.



 Conheça a sinopse da obra:

 “Rheita era a única neta de um joalheiro falido. Seu pai havia desaparecido antes da menina nascer e sua mãe falecera no parto quando lhe dera à luz. Morava num país pequeno e isolado, muito ao norte, conhecido como Reino do Vinagre, numa época em que os lampiões ainda iluminavam as ruas de tijolos.
      Ainda em luto e rancoroso, Dordi Gornef, o velho joalheiro, por 10 anos mantinha em segredo uma grande descoberta: o significado da marca de um S que Rheita carregava na palma da mão. A menina, desde recém nascida, fora educada a usar uma luva na mão direita, para esconder um suposto defeito de nascença dos olhares curiosos...
      Porém, num certo dia, os esforços do joalheiro para manter o segredo não foram mais úteis. Rheita, que se tornou uma menina muito curiosa e inteligente, acabou encontrando um misterioso Mapa Mágico no abandonado quarto da falecida mãe e desde estão resolveu descobrir o que ele escondia, pois suspeitava que o desaparecimento do pai houvesse relação com o artefato mágico. A partir desse momento, sua vida fica totalmente ligada a ele e através de um chamado do destino Rheita e seu mais novo amigo, Kiel, embarcam numa aventura repleta de segredos ainda maiores, para além de outro mundo, para LAGOENA, A Terra Secreta que corre um grande risco de não mais existir, cabendo à menina salvá-la e proteger o tesouro do mapa da cobiça de um imperador amaldiçoado.”


 Um pequeno Resumo:

Num país pequeno e isolado, muito ao norte, conhecido como Reino do Vinagre, morava  a pequena Rheita com seu avô, um joalheiro falido. Seu pai havia desaparecido antes de ela nascer e sua mãe falecera no parto, ao lhe dar à luz.  
Ainda em luto pela morte prematura da filha, e rancoroso, Dordi Gornef, o velho joalheiro, por 10 anos mantinha em segredo um mistério: o significado da marca de um S que Rheita carregava na palma da mão direita, surgida enigmaticamente quando ainda tinha seis meses de idade. Os únicos a conhecerem esse fato eram o próprio Sr. Gornef e Dona Adeliz, a bondosa doceira da cidade.
Ao reconhecer a inconfundível insígnia do Guardião − o mesmo “S” que a neta carregava na palma da mão −, o Sr. Gornef assustou-se com a possibilidade de que Rheita fosse marcada pelo destino com um pesado fardo: o de salvar o mundo de Zhetafar, o Imperador do Caos. A lenda do Guardião e do Imperador do Mal continuava reinando no imaginário da população: dizia-se que este estendeu sua vida por séculos, sem que ninguém compreendesse esse mistério. Uns diziam que forças das trevas alimentavam-no, para que vivesse perpetuamente ou conseguisse a imortalidade; outros argumentavam que esta era conferida graças a um precioso tesouro que o imperador escondia sob os subterrâneos de sua fortaleza, negra como rocha eruptiva. Eis então que surgiu o Guardião, em uma missão: destruir o império de Zhetafar. Depois de confiscar o tesouro do imperador e libertar todos os escravos subjugados por este, assim como apareceu, sumiu. Entretanto, propagava-se, ao longo dos séculos, que o Guardião elegeria discípulos para continuar a sua missão, uma vez que Zhetafar, como uma sombra, andaria à espreita, a fim de tentar recuperar o amuleto perdido.
Rheita foi criada à margem da sociedade, sem nunca sair de casa, educada pelo próprio avô, e usando uma luva na mão direita que lhe cobria a cicatriz. Corriam boatos que mencionavam a suposta demência da criança que nascera prematura, ou de uma imensa corcunda nas costas. No entanto, a maioria acreditava que nascera aleijada, sem uma mão, e usava uma luva cheia de enchimento para disfarçar.  A menina passava a maior parte do seu tempo no sótão do sobrado, e a única vista para o mundo exterior era da pequena janela redonda daquele cômodo − o seu quarto.  
Porém, num certo dia, os esforços do joalheiro para manter o segredo não foram mais suficientes. Rheita, que se tornou uma menina muito curiosa e inteligente, acabou encontrando um misterioso Mapa Mágico no abandonado quarto da falecida mãe e, desde estão, resolveu descobrir o que ele escondia, pois suspeitava que o desaparecimento do pai tivesse relação com o artefato mágico. A partir desse momento, sua vida fica totalmente ligada a ele e, através de um chamado do destino, Rheita e seu mais novo amigo, Kiel, embarcam numa aventura repleta de segredos ainda maiores, para além de outro mundo, para LAGOENA, A Terra Secreta que corre um grande risco de não mais existir, cabendo à menina salvá-la e proteger o tesouro do mapa da cobiça de um imperador amaldiçoado.
Conseguirá uma menina que nunca saiu dos domínios de quatro paredes de um acanhado sótão superar e vencer obstáculos terríveis à espreita, na inóspita Floresta dos Pinheiros, ao lado de um garoto igualmente tímido, cuja gagueira é a sua característica mais marcante? Ou o desejo mais nobre de seu coração lhe dará forças para empreender aventuras incríveis e triunfar sobre tantas armadilhas, além de desvendar intrincados enigmas transmitidos pelo Mapa Mágico? O leitor ficará fascinado e, ao mesmo tempo, temeroso com as paisagens e cenários, assim como com os surpreendentes personagens que surgirão ao longo da história: a Senhora dos Presságios, a Árvore dos Espinhos, a Árvore do Sono, os duendes inquisitórios, a Mulher do Lago, o gigante Bo, o medroso Homocapillis, os centauros, o cavalo alado, as fênixes, o Besouro da Má Sorte e muito mais!
O inesperado final surpreenderá a todos, com suas possíveis interpretações, fazendo com que o leitor se sinta transformado, após acompanhar a jornada de coragem e fé desses dois amigos: Rheita e Kiel.

 Saiba mais sobre essa série incrivel curtindo a pagina no facebook, e acompanhando-a pelo site!



Um comentário:

  1. Olá, Fernanda!

    Fico feliz em poder participar do seu blog como parceira e por vc abrir as portas para mais um autor nacional, e o principal, acreditar nosso potencial literário.

    Sucesso ao blog!

    Att.,
    Laísa C.
    confissoesdesajustadas.blogspot.com

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!