Séries Britânicas

10 maio 2012


Skins (Clique aqui para assisir ao trailer)

Também com o nome "Juventude à Flor da Pele", Skins é uma série de drama que gira em torno de um grupo de adolescentes moradores de Bristol. Cada personagem tem seu próprio problema, sendo ele a religião, a sexualidade, os transtornos alimentares, as drogas, a gravidez, enfim. Os problemas são muitos, não dá nem para listar. No entanto, Skins também é o tipo de série "tire a vovó da sala", já que não são poucas as cenas de sexo, violência e - incontáveis - apologias às drogas.
Além disso, a série é dividia em temporadas e gerações. Cada duas temporadas, é uma geração. Como são três gerações, são seis temporadas. Dá para entender? Quando a geração muda, muda os personagens e os problemas passam a ser outros. Ademais, cada personagem tem seu próprio capítulo, focado no seu próprio problema. Isso faz com que você sempre tenha aquele favorito, sabe? Aquele personagem que você mais ama, ou se identifica. Por exemplo, os meus são o Chris, o JJ e o Rich.

Doctor Who (Clique aqui para assisir ao trailer)

Por onde começar a falar dessa série? Bom, ela começou a ser exibida em 1963 na Inglaterra e foi até 1989, pela emissora BBC. Acho que essa é a primeira coisa que você deve saber. E a partir de 2005, ela ganhou uma continuação. Seu gênero é ficção científica.
Doctor Who conta a história de um Time Lord conhecido como Doctor, do planeta Gallifrey, que foi exilado do seu planeta de origem. Assim, ele vem para a Terra temporariamente e acaba se envolvendo com os problemas e com a vida humana. Sendo Time Lord, ele possui uma TARDIS - algo como uma máquina do tempo/nave espacial -, com a qual ele viaja através do espaço-tempo e consegue salvar espécies inteiras.
E agora vem a pergunta: se a série foi exibida em 1963, os personagens não estariam supostamente muito velhos? E agora vem a resposta: o que torna Doctor Who tão genial é justamente isso! Toda vez que o Doctor está para morrer, ele regenera e vira outro "homem". Por isso, a sobrevivência do programa.
Agora, falando ainda mais sério, Doctor Who é a série mais legal que eu já assisti. Eu tive a oportunidade de ver só as temporadas atuais - a partir 2005 - e me apaixonei. No início, você estranha um pouco, pelos aliens e os efeitos especiais bem pobrinhos. Mas logo ela ganha seu coração.


Sherlock (Clique aqui para assisir ao trailer)

Sherlock é, com certeza, a mais nova delas. Apesar de a história ser antiga - afinal, o nome já remete ao Sherlock Holmes - a série se passa no dias atuais. É como se tudo fosse adaptado à Londres século XXI, desde o apartamento na 221B, Baker Street, até os vilões tão temidos nas histórias. O personagem Sherlock Holmes, por outro lado, se difere bastante do filme que todos conhecem - o qual leva o lindo do Robert Downey Jr -, uma vez que ele perde essa imagem do galã engraçadinho hollywoodiano e passa a ter um caráter mais inglês, se é que vocês me entendem. Ele é mais sério, com um humor mais refinado e com uma característica muito importante: as coisas funcionam de forma muito mais rápida e lógica na sua cabeça. Enquanto nós vamos com a farinha, ele não só vem com o bolo, mas vem com o suco, os docinhos , salgadinhos e a festa. Às vezes é até complicado conseguir acompanhar seu raciocínio.
O que me fez, realmente, gostar dessa história foi a profundidade dos conflitos, já que Sherlock não visa tanto à ação, como no filme Sherlock Holmes, mas sim à desvendar os crimes, dos quais a polícia não dá conta.

Creditos: TNT Head

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!