07 fevereiro 2018

[Resenha] Mil beijos de garoto - @PlanetaLivrosBR


"Tivemos este amor durante tempo suficiente para nos ensinar uma lição. Para nos mostrar o quão capaz somos de amar verdadeiramente."

Nome: Mil beijos de garoto
Autor(a): Tillie Cole
Paginas: 400
ISBN: 9788542209822
Editora: Planeta
Ano de lançamento: 2017
Comprar: Amazon


Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação. (SKOOB)

"Mil beijos de garoto" era um dos livros que mais estava curiosa para ler desde o seu lançamento, confesso que tentei passar longe de todas as resenhas que via para não pegar nenhum spoiler e sim, minhas expectativas estavam bem altas em relação a ele.

Rune acaba de se mudar com os pais para Blossom Grove, na Georgia, por causa do emprego de seu pai, sua adaptação não está sendo tão fácil assim, ele detesta tudo aquilo e não entende o real motivo da mudança. Mas todo esse ódio vai por água abaixo quando ele conhece Poppy, uma menina doce que mora nada ao lado da sua e tem o quarto de frente para o seu. Assim que se conhecem Poppy e Rune ficam amigos, de forma inseparável.


Logo após isso em um dia qualquer, o pai de Poppy vai busca-la na escola mais cedo com a notícia de que sua avó, que estava muito doente, logo não estaria mais entre eles. Aquilo devastou o coração da pobre menina, pois tinha sua avó como melhor amiga, alguém com quem ela compartilhava tudo. No entanto, como presente ela deixa um pequeno pote contendo mil corações de papel, neles Poppy deveria registrar os mil beijos de garoto, os melhores de sua vida, aquele tipo de beijo que quase faz a gente perder uma batida do coração.

Saindo correndo dali com seu novo presente na mão, Poppy vai para o lugar onde costumava ir com sua avó. Vendo Poppy daquele jeito, Rune não hesita em ir atrás dela e lá ele dar um primeiro beijo de garoto dela e promete a Poppy que lhe dará os mil beijos de garoto.


Alguns anos se passam e aquela amizade deles acaba se transformando em outro sentimento, amor. Rune e Poppy estão namorando e tudo ia na mais perfeita harmonia entre eles. Entretanto, uma notícia acaba tirando ambos do eixo. O pai de Rune terá que se mudar novamente para a Noruega por causa de seu emprego e conta para Rune apenas um dia antes, a reação de Rune não podia ser pior, ele passa a nutirir um sentimento de ódio pelo pai, o que ao meu ver é totalmente compreensível, pois ele o estava afastando da pessoa que ele mais ama nesse mundo.

E gente, quem faz isso? Eu mesma não saberia minha reação se alguém fizesse uma coisa assim comigo.

Com isso, eles resolvem aproveitar as poucas horas que ainda tem juntos. Uma noite cheia de declarações de amor e momentos inesquecíveis. Rune então parte na manhã seguinte prometendo que se falariam todos os dias e que um dia voltaria para ela. Contudo, depois de um curto período de tempo, Poppy e Rune deixam de se falar, ela não atendia mais as ligações dele, e-mails, nada. Era como se tivesse sumido do mapa.

Ele ficou completamente arrasado com isso, o que gerou um comportamento rebelde, totalmente oposto do que ele era. Mas mal imaginava ele o verdadeiro motivo que levou Poppy a fazer aquilo e isso nós só vamos descobrir mais pra frente no livro.

Dois anos depois, Rune retorna a Blossom Grove, ele está bem diferente, o cabelo comprido, trajando sempre preto, fumando e bem, não é mais o mesmo. Entretanto, assim que eles se encontram percebem que o sentimento que havia entre eles estava apenas adormecido, Poppy nunca deixou de amar Rune e agora com ele ali novamente, vai ser difícil esconder seu segredo.


O livro é narrado em primeira pessoa por ambos os personagens, assim nós podemos nos familiarizar melhor com cada um deles, acompanhando ambos desde quando eram crianças. A escrita da autora é de forma bastante poética, nos fazendo refletir sobre tudo a nossa volta. Desde o primeiro capitulo podemos sentir a emoção através das páginas desta história e o quão linda é.

A autora retrata a beleza do amor em sua mais bela forma. Não é como outros romances que falam de amor, separação, dor e enfim a reconciliação. Tillie Cole nos apresenta um amor puro, singelo e acho que foi essa uma das coisas que mais me deixou encantada no livro. E mesmo sabendo no que estava embarcando, jamais esperei por aquele final. Impactante? Sim, muito! Mas ao mesmo tempo lindo.

Sem dúvida alguma é uma história que vou carregar comigo durante muito tempo e se puder recomendarei para todos que conheço, é um livro que vale a pena ler, se emocionar e se permitir aprender com as lições apresentadas na história. É um livro memorável.



Tillie Cole nasceu em Teesside, na Grã-Bretanha, filha de uma mãe inglesa e um pai escocês. Graduada na Universidade de Newcastle, ela foi professora por sete anos antes de se mudar com o marido para o Canadá. Escreve romances contemporâneos – como sua série de maior sucesso, Sweet. Mil Beijos de Garoto é sua estreia no gênero jovem adulto.

Beijos!

9 comentários:

  1. Oii tudo bem?
    Fiquei bastante interessada em ler essa obra, estou precisando de um romance que me prenda e me faça sair de uma ressaca do cão que me encontro, sua resenha ficou ótima e amei a edição, está tão linda!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Que lindo! Não conhecia o livro mas pela sua resenha ele deve ser ótimo e por isso vo o ler, gosto bastante e romances e este me parece bastante agradavel^^

    ResponderExcluir
  3. olá... fico feliz que tenha apreciado a leitura mas confesso que romances não fazem meu gênero... não duvido que seja um livro envolvente e encantador mas realmente não tenho vibe pra fazer a leitura dele...
    bjs...

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Tenho interesse nesse livro desde quando foi lançado. A história me parece bem tocante e quero muito conferir essa escrita poética que a autora apresenta na história.
    Espero gostar do livro tanto quanto você.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Oi.
    Nossa eu estou doida para ler esse livro.
    Lendo sua resenha eu já imagino o que ela escondeu dele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Amei conferir sua resenha, ficou ótima e me deixou com ainda mais vontade de ler esse livro que está sendo tão bem comentado pelos leitores.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olha, confesso que a história em si nao despertou tanto o meu desejo de ler, mas os seus elogios sobre como ela é boa acabou me despertando a curiosidade :) Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  8. Olá Fernanda, tenho bastante curiosidade para ler esse livro, pelos seus comentários parece ter um enredo bem bacana e com uma boa reflexão.

    ResponderExcluir
  9. Oii
    To namorando esse livro faz tempo, quero muito ler! Espero que ele me emocione como emocionou você!
    Bjus

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!