[Primeiras Impressões] Lacrymosa - Juliana Daglio

19 abril 2017

Nome: Lacrymosa
Autora: Juliana Daglio
Ano de Publicação: 2017

O nome dela não é Valery Green. Também não nasceu no Kansas, e sua família toda não morreu num acidente de carro onde ela foi a única sobrevivente. Nascida num mundo de trevas e segredos apocalípticos, a garota feita de mentiras luta dia após dia para ter uma vida longe de sua verdadeira identidade e de seu dom misterioso, o qual ela julga como uma maldição. Por cinco anos, ela conseguiu. Escondida na pacata Darkville, tornou-se uma respeitada Detetive, conhecida por sua frieza e eficácia no trabalho. Seu companheiro Axel parece ter orgulho de trabalharem juntos, até ficar frente a frente ao que encontraram na busca daquela noite - um demônio dentro de uma garotinha. Para ajudar a pequena Anastacia, Valery terá que colocar em risco o trabalho na polícia e seu relacionamento com Axel, recorrendo à ajuda do Padre Henry Chastain, um velho conhecido. Desenterrando um passado cheio de exorcismos, perseguições e batalhas contra demônios, esse reencontro não promete ser feito de abraços e boas-vindas. Chas, como ela o chama, é conhecido como o maior Exorcista vivo - a Espada de Sal do Vaticano, e é sua única esperança de lutar contra o novo inimigo, mas também representa o ponto fraco de si mesma e o acesso a um passado doloroso que pode despertar seus próprios demônios interiores.



Olá leitores do IL, voltei!!! E hoje vamos falar sobre as primeiras impressões da nova obra da Juliana Daglio, isso mesmo, trata-se de Lacrymosa.

Foi meu primeiro contato com a escrita da autora, até então não tinha tido oportunidade de ler nada dela, mas sempre tive interesse, então quando vi sua postagem no Facebook não perdi tempo.

Nós do IL recebemos 30 paginas da obra e agora vocês vão saber o que achamos delas...

Bom, gostaria de começar minhas impressões dizendo que achei mais difícil do que imaginei avaliar uma obra apenas por suas paginas iniciais, você não consegue compreender o todo e corre o risco de ser injusto em suas observações, mas vamos lá!

O livro de Juliana não faz meu estilo, é um livro mais adulto, mais carregado e eu prefiro o ambiente adolescente, apaixonado, mas isso não tira o brilho da autora que escreve super bem. Outro aspecto que particularmente eu não gosto é o excesso de descrições, como no trecho: O céu estava vestido num tom café amargo naquele anoitecer vagaroso. Sem estrelas, só nuvens esparsas de um tom mais claro, como se fossem natas leitosas passeando pelo firmamento.” Como leitora isso me incomoda, mas como escritora admiro profundamente, pois eu não consigo descrever quase nada, quem já leu meu livro sabe do que estou falando. Vejam isso não é uma critica a obra, é apenas meu parecer pessoal, mas o texto é muito bem escrito e estruturado, vale a apena conferir.

Por falar em trechos, só nessas 30 paginas vi várias frases marcantes e profundas, que te fazem refletir, se o começo já é recheado de importância assim imaginem o livro todo.


Agora sobre a historia em si, eu não sabia sobre o que a obra falava, e acho que isso deixou tudo mais interessante. Eu quis socar a cara da Valery em todas as paginas, pelo seu jeito frio, mesmo entendendo seus motivos, a achei soberba demais. Amei o Axel e na minha cabeça ele é um Bem Barnes da vida – adoro – e mesmo brevemente já deu para amar Denise. A historia é uma mistura da serie “Sobrenatural” com o filme “O exorcismo de Emily Rose”, ou seja, é bem instigante e quando as paginas acabam você quer desesperadamente saber como Valery sairá da enrascada que se meteu – e logico se Axel irá derreter seu coração gelado.

Temos aqui algumas palavras da própria autora sobre seu lançamento:

Lacrymosa é uma história contada em um livro só, embora seu universo abra possibilidades para a criação de novos plots e ganchos para novas aventuras. Escrito em um ano e meio, foi editado pela Agencia Increasy e passou por lapidações com a ajuda de Coachs Literárias. O gênero claudica da fantasia dark, ao terror, com pitadas de romance e um drama psicológico intenso, narrado do ponto de vista de seus protagonistas. A mitologia foi embasada em diferentes fontes de religião, história e teorias, construindo uma premissa com ideias próprias, criadas na mente dessa autora que vos fala. Muitas das opiniões dos protagonistas e narradores, se distancia em milhas das minhas próprias opiniões, o que tornou o processo de criação deles um desafio sem igual, que mudou para sempre a minha vida e minha relação com o divino.


Se quiserem saber mais sobre a obra ou a escritora, fiquem de olho em suas redes sociais: 

Contatos: lacrymosa.jd@gmail.com 

Bjs, Cacá Adriane!

2 comentários:

  1. Olá, Cacá!
    Muito obrigada por ter participado e por ter lido as primeiras páginas de Lacrymosa. Fico feliz que tenha sido sincera e espero que possa ler o livro todo em breve.

    Beijuuuuuuuuus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos ansiosos por isso!!!
      Obrigada pela oportunidade <3

      Excluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!