[Resenha] Os Bons Segredos - @editoraseguinte

27 julho 2016

Nome: Os Bons Segredos
Autor(a): Sarah Dessen
Páginas: 408
ISBN: 9788565765763
Editora: Seguinte
Ano de lançamento: 2015
Comprar: Americanas, Livraria da Travessa

Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos. Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.

Antes de começar a resenha, preciso agradecer ao blog "Conversa Cult" pela indicação a Editora Companhia das Letras que nos deu essa ótima oportunidade de ler esse livro. Confesso que não tinha muita curiosidade para ler, mas depois que dei início a leitura foi só amor.

Em "Os Bons Segredos" vamos conhecer Sidney, uma jovem que sempre viveu as sombras do irmão e se conformava com seu anonimato diante dos acontecimentos.

Sidney e seu irmão sempre tiveram uma vida regada de bastante conforto, a escola em que estudavam, o lugar onde moravam e muitas outras coisas, até que um dia diante de tantas coisas boas, seu irmão começou a andar com pessoas erradas. 

O histórico de coisas que Peyton já fez vai de invadir propriedade privada à roubo por drogas. O garoto já foi preso várias vezes, porém foi no seu caso mais recente que a coisa ficou feia. Ele estava na casa de um amigo, já tinha bebido uma quantidade considerável de álcool, mas mesmo assim resolveu voltar para a casa dirigindo e no meio do caminho ele atropela David, um garoto que estava voltando da casa do primo tarde da noite.


Peyton é levado a julgamento e precisa cumprir pena. É óbvio que aquilo mexe com toda a família, mas o comportamento de seus pais diante disso tudo (principalmente de sua mãe) é de como se seu irmão não fosse o culpado por aquilo, que ele está passando apenas por uma fase ruim de comportamento e que com o tempo vai melhorar. O que nós sabemos que não é verdade.

Isso de certa forma faz com que Sidney se culpe por tudo o que aconteceu com David.

No decorrer disso, Sidney troca de escola para poupar gastos, ela é vista no meio de suas roda de amigos como s garota que tem um irmão perigoso e que todos tem medo de se tornar a mesma coisa.


Então, num belo dia depois de sair do colégio, ela avista uma pizzaria que não é muito atrativa, entra nela e lá conhece as pessoas mais legais.

Layla, uma menina de personalidade forte e atitude que vive se apaixonando pelo cara errado. Mac um dos mocinhos mais fofos do mundo da literatura que nos faz suspirar apaixonadamente. Ambos se tornaram grandes amigos. 

Depois disso Sidney passa a enxergar as coisas com outros olhos e ver que nada daquilo em sua vida era real, ela vai ter que redescobrir e aprender a lidar com seus próprios conflitos.


O livro é narrado em primeira pessoa e possui uma boa narrativa apesar de eu ter tido certa dificuldade para pegar um bom ritmo de leitura.

O único ponto negativo do livro, se é que posso coloca-lo dessa forma, foi o comportamento da mãe de Sidney e a forma como ela encarou os fatos, me incomodou bastante. Já o pai de Sidney, ele é quase um figurante na história toda, aparecendo em poucos momentos e sendo aquele homem que abaixa a cabeça em tudo.


Fora isso só tenho elogios a fazer a autora por ter criado uma história com temas relativamente pesados como, abusos sexuais, drogas, violência, negligência familiar e desenvolve-los tão bem. É uma história muito real e acho que é por isso que mexeu tanto comigo me levando a indicar o livro a outras pessoas.

Há uma verdadeira lição de vida nisso tudo e mesmo não sendo um tipo de livro que costumo ler, sem dúvidas se tornou um dos meus favoritos.

"Os Bons Segredos" é um livro que vale muito a pena ser lido, é reflexivo, envolvente e ao mesmo tempo encantador. Com certeza ele ocupará um lugarzinho especial na minha estante durante um bom tempo.

Esse livro foi uma cortesia da editora.

Beijos!

2 comentários:

  1. Gosto da autora,e exatamente por esse motivo tenho muito vontade de conhecer esse livro.
    Acho a personagem da Sidney uma sofredora,que só encontra conforto entre seus novos amigos.
    E que mãe é essa?
    Super omissa com a filha do bem e protetora com do filho desajustado.

    Esse é um dos livros que pretendo ler em breve.

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora, mas a cada resenha lida só aumenta minha curiosidade. Adorei a resenha, super completa

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!