[Resenha] Leo & Bia - @Ler_Editorial

04 abril 2016

Nome: Leo & Bia
Autor(a): Fernanda Terra
Páginas: 256
ISBN: 9788568925188
Editora: Ler Editorial
Ano de lançamento: 2016
Comprar: Site da Editora, Livraria da Travessa, Amazon

"Ela é mistério, cheia de segredos. Ele é bagunçado, cheio de defeitos."
A Bela e a Fera - Munhoz e Mariano
Na infância, Maria Beatriz foi levada contra sua vontade para longe de seu pai e de sua amada Santa Maria, cidade linda, no coração do Rio Grande do Sul.
Mas, nem mesmo a distância ou o tempo foram capazes de apagar as lembranças que ela trazia no coração.
Hoje, mais madura, ela está ansiosa com sua volta para casa e com o início de uma nova vida na Universidade de Santa Maria, cursando Psicologia. Sua felicidade é tanta que ela se distrai por um momento.
De repente, no corre-corre do aeroporto, enquanto procurava por seu pai, acontece um esbarrão.
Era um certo peão...
E depois disso, a vida de Maria Beatriz nunca mais seria a mesma...
Léo é estudante de veterinária e se estabeleceu na cidade depois que o pai herdou a Fazenda Palmital do avô. O jovem peão mexe com as estruturas de Santa Maria, não só pelo som de sua caminhonete potente, mas também por todo seu charme e disposição para conquistar uma certa moça que roubou seu coração.
Léo e Bia nos trazem muito mais que uma história de amor contada por dois jovens do interior. Eles nos levarão por uma trajetória de luta e superação!
Léo e Bia chegam para encantar vocês com seu jeitinho marrento, mas completamente apaixonante.

"Léo e Bia" é o primeiro livro que recebemos em parceria com a Ler Editorial e eu estava muito curiosa para conhecer a história desde que recebi a lista de solicitações.

O livro vai contar a história de Bia, uma jovem garota que há pouco tempo decidiu voltar para Santa Maria, cidade onde nasceu, viveu a maior parte de sua infância e onde mora seu pai, o qual ama incondicionalmente. Ela conseguiu entrar para a faculdade de psicologia e mal pode esperar a hora em que suas aulas começam.

Bia morava com a mãe em São Paulo e sua relação com ela não é nada fácil, ela não aceita bem a forma que a mãe leva a vida e isso a faz passar mais tempo fora de casa do que o desejado.


Quando Bia chega em Santa Maria ela logo atropela, literalmente, Léo, um peão que mora na fazenda Palmital, cujo a família é muito amiga de seu pai, o delegado da cidade.

Assim que se conhecem, eles ficam mexidos e Léo está disposto a conquistar aquela menina que abalou as estruturas do seu coração. Ele tenta de todas as formas se aproximar da moça e com ela não é muito diferente.

Entretanto, em meio a luta para ficarem juntos, as brigas, idas e vindas do namoro, nós leitores vamos nos deparar com algo um pouco mais complexo, que são os problemas da personagem principal, sua relação com a mãe e como ela reage a tudo isso.


E na minha opinião esse foi um dos pontos mais altos do livro. A autora também inseriu em sua história um evento que parou o país na época, a tragédia da boate Kiss. Confesso que foi meio estranho ler aquilo, foi como se estivesse revivendo toda aquela tragédia, olhar pelos olhos do personagem, foi como se estivesse ali presente.

"Léo e Bia" é o meu primeiro contato com a autora Fernanda Terra e posso dizer que gostei bastante do livro. Não conhecia ainda os trabalhos dela e quando fui pesquisar vi que ela já tem outras obras publicadas, de até bastante sucesso. Fiquei curiosa para ler os outros livros dela.


O único ponto baixo do livro, se é que posso dizer dessa forma foi a narrativa, que flui com muita facilidade, mas os acontecimentos são de forma muito corrida, tudo acontece muito rápido e teve momentos em que tive que dar uma pausa na leitura para poder assimilar as coisas e entender melhor, caso contrario, ficaria perdida na história.

Já da diagramação não tenho o que falar, está ótima, as páginas são amareladas, a fonte está em um bom tamanho, tornando a leitura muito agradável. A capa também está muito bonita, apesar de não ser a maior fã de capas de livros com modelos, acho que eles nunca chegam os pés dos personagens como os imaginamos.


Enfim, foi uma boa leitura, espero poder ler logo os outros livros da Fernanda e gostar bastante deles. "Léo e Bia" é uma boa história para passar o tempo, ser lida em uma tarde chuvosa e acompanhada de uma boa xícara de café. Recomendo bastante o livro para quem gosta daquele tipo de romance que nos faz suspirar.

Esse livro foi uma cortesia da editora.

Bjs!

16 comentários:

  1. Confesso para ti que não leria, parece mais um daqueles clichês...
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem? Confesso que apesar de gostar da sua resenha o livro não me atraiu, mas quem sabe no futuro né? A capa dele é simplesmente encantadora.

    ResponderExcluir
  3. Oi Fernanda. Gostei da sua resenha! Achei ela bem detalhada. Acho que não leria Leo e Bia por não gostar muito do gênero romance. Achei muito interessante ser um livro nacional que se passa em um cenário brasileiro no Sul. Tenho visto vários autores nacionais que "internacionalizam" suas obras e acho isso um pouco chato. Parabéns para a autora!
    Beijos
    Blog Relicário de Papel
    relicariodepapel.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Fiquei interessada no romance, mas confesso que quando narrativa é rápida demais também me incomoda, dá uma sensação estranha e eu até começo a correr na leitura para acompanhar tudo. kkk

    Beijos,
    S de Sarah

    ResponderExcluir
  5. Oii Fernanda, tudo bem?
    Confesso que não me interessei muito pela obra, achei meio clichê. Porém leria só por essa edição incrível.
    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Oioi!
    Leio poucos livros da Ler Editorial, falta de oportunidade mesmo.
    Não conhecia o livro Leo & Bia, e olha que eu adoro temas rurais assim, com cowboys, acho bem interessante.
    Só nao gostei mto da capa, nao gosto que mostrem rostos na capa, pq acho que estraga a imaginação.
    Adorei conhecer mais do livro aqui no seu blog, e ficou legal mesmo a autora inserindo elementos que realmente aconteceram, como a tragedia na boate Kiss
    Vou tentar ler tb, achei bem legal.
    Beijos.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  7. Oie
    a capa está bem estranha para mim mas parece ser um romance bem gostoso daqueles para relaxar, acho que leria se tivesse oportunidade pois o enredo está legal e gostei da sua resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olha, para quem curte romance romântico esse parece ser ótimo. Eu gostei dos nomes dos personagens, além de passar a ideia romântica, são nomes bem nacionais, diferente de outros livros que vejo. Outra coisa que achei interessante é a inserção da tragédia da boate Kiss no enredo.

    ResponderExcluir
  9. Desde que vi este livro pela primeira vez tenho vontade de ler. Achei a premissa bacana.
    Quero ler assim que puder. Gostei muito da capa também!

    Beijinhos…
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oii, tudo bem????
    Não conhecia o livro, mas gostei de conhecer, apesar de que não leria o livro. Mas calma, eu explico hehehe.
    Gostei que o livro se passa em Santa Maria e que abordou aquela tragédia. Acho importante que isso seja lembrado, para que os erros não sejam repetidos. E a história já está sendo esquecida :(
    Logo que a tragédia aconteceu, vários lugares de festa, se adequaram e bláblá. Mas foi só a poeira baixar, que novas casas de festa estão sendo construídas de qualquer jeito :(
    Mas não leria por não curtir muito esse tipo de romance e tal :(
    Beijoooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Que livro cheio de surpresas pra mim! Começa com indicação do Munhoz e Mariano - essa eu nunca tinha visto! haha Segue usando a palavra Usurpadora. Gamei. hahaha Achei super interessante a realidade colocada dentro do livro - vai ficar bem datado para o futuro e é um registro diferente do que aconteceu na boate. Ótima dica!

    Bjs, Cass | www.livroseoutrascoisas.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Adorei a resenha, mas o estilo do livro me parece meio batido, a obra por ser nacional me atraiu, pretendo ir atrás dele!
    Beijos
    Jana

    ResponderExcluir
  13. Ei, tudo bem?
    Já tinha ouvido falar desse livro, e confesso que a premissa não me atraiu. Não é o meu estilo de história e apesar de ter gostado bastante da sua resenha, não me instigou a ler. A capa também não é nada atrativa ao meu ver.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  14. Oiee,
    Eu acho que eu não leria, o assunto não me interessou e a capa também não me agradou.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Gosto de acontecimentos rápidos, mas rápidos demais não são legais.
    O livro tem uma premissa bacana, mas não leria no momento pois tenho outras prioridades.
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Sua resenha está muito boa. Mas o livro não me apetece em nada. A única coisa que gostei foi da diagramação,que pela foto dá pra ver que a editora fez um bom trabalho.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!