[Resenha] Ligeiramente Escandalosos - @editoraarqueiro

21 fevereiro 2016
Nome: Ligeiramente Escandalosos - Os Bedwyn Livro III
Autor(a): Mary Balogh
Páginas: 288
ISBN: 9788580414547
Editora: Arqueiro
Ano de lançamento: 2015
Comprar: Saraiva, Extra, Americanas

Freyja Bedwyn é uma mulher diferente das outras damas da alta sociedade: impetuosa e decidida, ela preza a independência e a liberdade acima de qualquer coisa – até mesmo do amor.
Até que o destino lhe apresenta Joshua Moore, o marquês de Hallmare, um homem cheio de charme e mistério, dono de uma beleza estonteante e de uma reputação terrível. Quando ambos se encontram a caminho da pacata cidade de Bath, a química entre os dois é imediata.
Entre encontros e desencontros, conflitos e provocações, Joshua faz uma proposta inusitada: pede que Freyja finja ser sua noiva, para evitar que uma artimanha de sua tia o leve a se casar com a própria prima.
Para uma dupla que acha graça das convenções sociais, esta parece ser a oportunidade perfeita para se divertir. Mas a brincadeira acaba trazendo consequências inesperadas. Aos poucos, suas máscaras vão caindo e ambos se revelam pessoas bem diferentes do que aparentam.
Neste terceiro livro da série Os Bedwyns, Mary Balogh se aprofunda ainda mais nos segredos e desejos dessa família incomum e extremamente sensual.

Freyja, Freyja, Freyja.
Na verdade,  a gente conhece a Freyja antes da série "Bedwyn" propriamente dita. Há dois livros iniciais e é no segundo (Um verão inesquecível) que pela primeira vez vemos essa moça de cabelos loiros e sobrancelhas escuras, que afugenta todas as suas preceptoras e não fica para trás por nenhum cavalheiro,  mesmo que esses possam ser seus irmãos.

Então temos essa jovem sem papas na língua e tão altiva quanto felina, mas que esconde de todos um coração partido  e é para não deixar essa dor transparecer, que nossa mocinha resolve viajar para a pacata Bath, mas o que ela não esperava era encontrar alguém que não tem medo de quem ela se tornou.


Joshua Moore a primeira vista é um homem leviano e inconsequente, no entanto, é só olhar mais de perto para perceber que a superfície não é tão branda como parece, e que esse moço despretensioso carrega nas costas não só uma família que depende dele, como também segredos dolorosos. Sensível,  divertido e encantador,  tudo aquilo que torna um romance algo gostoso de se ler.

"Ligeiramente Escandalosos" vem para mostrar mais uma vez que os Bedwyn não são só uma família,  são uma força da natureza e que apesar do nariz marca registrada deles que os mesmos fazem questão de manter empinados e em destaque, o coração desses irmãos é o que os torna o que são.


Além disso, as cenas em que a Freyja e o Joshua brigam e se engalfinham, só perde para as cenas onde eles desnudam a alma e se entregam ao amor. E quando eles se unem em torno de um objetivo, ninguém consegue parar esse casal, ops, talvez só alguém, o meu querido Wulfric (mas ainda falta para o livro dele). Os dois vivem causando confusão e criando polêmicas,  o pior é que eles sempre se divertem com isso, e enquanto o povo ainda tá assimilando as coisas,  eles já passaram para outra. É numa dessas que nosso mocinho propõem que Freyja finja ser sua noiva por algum tempo – só para evitar que sua tia o obrigue a casar com sua prima – ela aceita prontamente, isso também irá ajuda-la e dará uma movimentada nas coisas,  uma Bedwyn não nasceu para a vida pacata. Mas isso é romance né e a consequência geralmente é o amor.


Outros pontos altos do livro são as primas do Joshua e a interação dele com elas, quando os Bedwyn resolvem fazer uma visita, tudo fica melhor e mais divertido. Os personagens secundários são excelentes. Temos todos os irmãos de Freyja participando ativamente da história, assim como as esposas daqueles que já se casaram. Aí temos toda família de Josh, muita gente legal e divertida, e uma tia odiosa tentando atrapalhar tudo.

Uma leitura altamente recomendada para amantes de um bom livro. No fim, se não for pelo romance,  vale a pena ler pelas cenas hilarias entre os mocinhos. 



Esse livro foi uma cortesia da editora.

5 comentários:

  1. Olá!

    Bom, romances de época são meus queridinhos! E parece que com essa série não será diferente. Já está na meta de leitura desse ano. Parabéns pelo blog e pela resenha!

    www.booksimpressions.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estou louca para ler esse livro. Freyja é minha personagem favorita e pelo visto Joshua entrará para a lista de "mocinhos que adoro". Tbm sofro de ansiedade pelo livro do Wulf (aquele homem é perfeito).
    Adorei a resenha. Fiquei com mais vontade ainda de ler a continuação dessa série.

    https://beahreads.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi falar sobre esse livro, pelo modo que você o descreveu parece ser interessante! Os romances de época estão com tudo pelo jeito hahaha

    beijos
    http://infinitudedepalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia as obras. Os livros parecem ser muito bons, principalmente esse! é ótimo quando um livro consegue nos conquistar! ótima resenha!
    Beijos,
    Luana Agra - Sector 12 - http://sector-12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. eu ja tinha gostado de Freyja em outros livros, por isso quando comecei o seu livro em particular fiquei encantada! o romance é divertido, romântico e ja deixa gostinho de quero mais
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!