[Resenha] Estilhaça-me - @Novo_Conceito

27 março 2015

Nome: Estilhaça-me
Autor(a): Tahereh Mafi
Páginas: 302
ISBN: 13:9788563219909
Editora: Novo Conceito
Ano de Lançamento: 2012
Comprar: Submarino, Saraiva, Livraria Cultura

Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada. O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

"Estilhaça-me" é um livro, que já começa meio obscuro, é contado pelo ponto de vista da Juliette, que está a mais de 200 dias sem tocar ninguém, ou ver ninguém, ela vive totalmente sozinha, economizando a tinta da caneta quebrada, e escrevendo seus pensamentos mais obscuros no seu diário. Ela nós explica sobre esse mundo em que ela está vivendo, tudo o que queremos entender para não ficar perdido. Fala sobre o Restabelecimento e suas mentiras.

Juliette não pode tocar em ninguém, quando ela faz isso, causa sofrimento a pessoa, dor, e talvez ate a morte, e mesmo ela tendo esse poder, Juliette não é a vilã, muito pelo contrario, é uma pessoa boa, que pensa em todo mundo antes de pensar em ela mesma, e odeia a si mesma por machucar os outros.

O ponto alto da historia, com certeza é quando o Adam a aprece, tudo muda a partir dai, e com o aparecimento do Adam, também conhecemos o Warner, que é o meu personagem favorito, mesmo ele sendo possessivo e violento, e totalmente louco por controle. Warner sabe que é chato, e isso o deixa o personagem mais legal, e mais bem estruturado do livro.

Eu também gostei do Adam, nos apaixonamos por ele desde do primeiro momento, e ele é o super herói da historia, aquele que sempre vai estar la pra te salvar. E bem Juliette é com certeza, uma das minhas personagens femininas favoritas, não tem como não gostar dela.

O livro é escrito de uma forma tão intensa que não tem como não gostar, e o que eu mais gostei é a autora riscando os pensamentos da Juliette, como se o que ela pensasse fosse errado, e que ela não deveria fazer isso. Apesar de ser uma distopia, o romance tem o seu lugar, e é legal, porque mesmo que o foco seja o que está acontecendo no mundo, o romance só deixa o livro mais intenso e legal.

Eu recomendo muito o livro, ele é bem interessante, o restabelecimento e suas mentiras, o mundo se acabando por causa das nossas escolhas. Ele te prende do começo ao fim, vou dar 5 estrelas, por que com certeza merece. A autora está de parabéns por fazer um livro tão bem feito e desesperador como esse!



4 comentários:

  1. Oi Ana, tudo bem? Gostei da sua resenha e como amante de distopia com certeza preciso conhecer essa. A Juliette tem um "dom" bem complicado e lidar com as consequências dele deve ser bem difícil, fiquei curiosa para saber mais desse mundo e os personagens parecem ser bem interessantes.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  2. olhe primeiramente parabéns pelo post, você não se estendeu e também não foi curta, deixando a leitura boa e rápida, tem muitos blogs que a leitura é cansativa, então você esta de parabéns. não é o estilo de livro que eu goste, mas a forma como você escreveu,me convenceu um pouco, acredito que eu arriscaria essa leitura.


    http://palavrasdelucidez.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana, tudo bom?
    Confesso que não sou a maior fã de distopias, mas, a forma como você apresentou a história, os personagens e o romance (<3) me deixaram muito curiosa por este livro. Confesso que esperava outra coisa da obra, mas, já fiquei bem instigada pelo dom da Juliette!

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  4. Eu sou louca, louca, louca pela serie da Tahereh e mais ainda pelo Warner, se existe um mundo literário paralelo é para onde o Warner está que eu vou hahahahahahahaha Devorei os livros e continuo querendo mais :/

    https://parasemprelilo.wordpress.com/

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!