[Resenha] Coração de Tinta - @cialetras

06 outubro 2014
Nome: Coração de Tinta
Autor(a)Cornelia Funke
Páginas: 456
ISBN: 8535907726
Editora: Seguinte 
Ano de Lançamento: 2006
Comprar: Saraiva

Há muito tempo Mo decidiu nunca mais ler um livro em voz alta. Sua filha Meggie é uma devoradora de histórias, mas apesar da insistência não consegue fazer com que o pai leia para ela na cama. Meggie jamais entendeu o motivo dessa recusa, até que um excêntrico visitante finalmente vem revelar o segredo que explica a proibição. Quando Meggie ainda era um bebê, a língua encantada de Mo trouxe à vida alguns personagens de um livro chamado 'Coração de Tinta'. Um deles é Capricórnio, vilão cruel e sem misericórdia, que não fez questão de voltar para dentro da história de onde tinha vindo e preferiu instalar-se numa aldeia abandonada. Desse lugar funesto, comanda uma gangue de brutamontes que espalham o terror pela região, praticando roubos e assassinatos. Capricórnio quer usar os poderes de Mo para trazer de Coração de tinta um ser ainda mais terrível e sanguinário que ele próprio. Quando seus capangas finalmente sequestram Mo, Meggie terá de enfrentar essas criaturas bizarras e sofridas, vindas de um mundo completamente diferente do seu.
 A autora nos trás a história de Mo (Língua Encantada), pai de Meggie, um encadernador de livros, ou "Médico dos Livros", como sua filha o chama, que possui um dom, ao ler em voz alta acaba tirando os personagens de dentro dos livros.

Um certo dia, Mo está lendo para sua mulher Theresa e para sua filha Meggie, que ainda era bebê, até que saem do livro Coração de Tinta dois vilões, Basta e Capricórnio, e um cuspidor de fogo, Dedo Empoeirado, esse acontecimento, acaba levando sua Theresa e dois gatos para dentro do livro, pois se realiza uma troca pessoas do nosso mundo vão para o fantástico Mundo de Tinta, e personagens desse Mundo fictício entram no mundo humano.

Capricórnio, um vilão muito cruel, junto com seu capanga Basta, resolve não voltar para dentro do livro e se instalar em nosso mundo, em uma aldeia abandonada. Já Dedo Empoeirado insiste em voltar, e não acredita em Mo quando o mesmo fala que não consegue mandar os personagens de volta.

O tempo passou, e quando Meggie estava com 12 anos, em uma noite chuvosa, um estranho bate na porta de sua casa. Ela não sabe quem é, mas Mo, ao contrário sabe, e é aí que ficamos conhecendo mais sobre Dedo Empoeirado e sua função no Mundo de Tinta. Ele procura Mo, para mais uma vez como em todas as outras, tentar convencê-lo a mandar ele de volta para seu mundo, e para avisar que Capricórnio está atrás dele, Mo por sua vez foge com Meggie e Dedo Empoeirado para a casa de Elionor, tia de Resa, que é uma velha APAIXONADA por livros, mas eles não ficam poupados do vilão por muito tempo.

“Quando se leva um livro em uma viagem.” dissera Mo enquanto ela pôs o primeiro no baú, “acontece uma coisa estranha: o livro começa a colecionar lembranças. Depois basta abri-lo, e você já está de novo no lugar onde leu. Tudo volta, já nas primeiras palavras: as imagens, os cheiros, o sorvete que você tomou enquanto lia… Acredite, os livros são como papel pega-moscas. Não existe nada melhor para grudar  lembranças do que  páginas  impressas.” (pág. 22)

Quando Capricórnio e seus capangas capturam Mo e seus amigos, descobrimos que ele queria o dom de Mo para tirar do livro Coração de Tinta um amigo de velha data. Esse amigo e o que irá acontecer no final, você só saberá lendo o livro, pois seria um Spoiler.

Narrado em 3ª pessoa, Cornélia Funke, construiu personagens e cenários incríveis em seu livro, que me prendeu até o final, e não me arrependi lendo o mesmo, assim você fica louco para ler o segundo livro que se chama Sangue de Tinta.

Gostei muito do livro e estou lendo a continuação, e logo logo terá resenha para vocês!


4 comentários:

  1. Olá, beleza?

    Primeiramente parabenizo pela maravilhosa resenha, ficou excelente!

    Estou com o livro aqui na estante já faz cinco meses. Sua resenha me animou de uma maneira surpreendente. To achando que vou pegar ele pra ler amanha. Abraços!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado por ter gostado da resenha, e isso mesmo, leia, que você vai se surpreender.

      Excluir
  2. Não me interessei pelo livro. Mesmo sua resenha sendo boa, não é um livro que eu leria no momento.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Ja assistir o filme! Achei incrivel e bem interessante!
    Ainda não li o livro, isso e pena porque ler primeiro o livro
    depois assistir o filme porque livro sempre e melhor SEMPRE

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!