[Resenha] Austenlândia - @editorarecord

04 maio 2014

Nome: Austenlândia
Autor(a): Shannon Hale
Páginas: 240
ISBN: 9788501403889
Editora: Record
Ano de lançamento: 2014
Comprar: Saraiva

Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD. Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e... a companhia de belos cavalheiros. 
Não faz muito tempo que conheci a autora maravilhosa que é Jane Austen. Meu livro preferido dela é "Orgulho e Preconceito", desde então, gosto de ler tudo o que aparece relacionado a esse romance ou aos outros da autora, e com Austenlândia não foi diferente. Não me lembro bem como descobri esse livro, mas assim que o vi fiquei muito curiosa para ler.

A história tem como personagem principal Jane Hayes, uma mulher de 33 anos que mora em Nova York, inteligente e bem sucedida. Ela é fã de Jane Austen desde os 16 anos e completamente apaixonada pelo Sr. Darcy (acho que todas somos, rs), seu Sr. Darcy preferido (o meu também) é interpretado pelo ator Colin Firth na série de "Orgulho e Preconceito" da BBC.

Por ser completamente apaixonada pelo personagem, Jane não tem uma vida amorosa muito bem resolvida, uma romântica incorrigível, ela acaba tentando relacionar seus casos amorosos ao personagem de Austen e com isso se decepciona no final. Até que então ela finalmente chega a conclusão de que o Sr. Darcy não existe na vida real.

Num belo dia, depois de ter decidido que mudaria dali para frente, Jane recebe a visita de sua mãe junto com sua tia avó, a qual ela não é muito próxima. Passado um tempo, Jane recebe a noticia da morte de Carolyn, no entanto o que ela não esperava era que estaria incluída no testamento dela. Jane não ganha nenhum dinheiro, ao invés disso, sua tia avó lhe da de presente uma passagem para um lugar chamado "Austenlândia".

Ao chegar em Pembrook Park, o sonho de viver dentro dos romances de Jane Austen se realiza. Todos os empregados e pessoas que vão tirar férias no local, precisam se vestir e agir de acordo com a época em que se passa os livros de Jane Austen, Inglaterra de 1816.

"E, de acordo com sua compreensão imatura na época, no mundo de Austen não existiam casos. Cada romance deveria levar ao casamento, cada flerte era apenas uma forma de encontrar o parceiro com quem ficar para sempre. Assim, para Jane, quando cada romance terminava, embora ela ainda tivesse esperanças, a sensação era tão brutal quanto um divórcio.
Muita intensa, Jane? Ah, sim. Mas o que se pode fazer?" - Pagina 26

Foi quase impossível não criar algumas expectativas antes de ler o livro e isso fez com que eu me decepcionasse um pouco com a história. A escrita da autora é muito boa, leve, engraçada e flui facilmente. Entretanto, senti falta de um maior dinamismo na trama, que apesar de ser muito divertida, por vezes se tornou um pouco monótona.

"Austenlândia" é realmente um livro muito bom, recomendo a leitura a todos que procuram um romance leve, divertido e encantador.




CURIOSIDADE: O livro "Austenlândia" ganhou uma adaptação há pouco tempo, e para todos aqueles que tiverem curiosidade, deixo aqui o trailer do fime :)



2 comentários:

  1. Eu vi o filme! Ele é meio bobinho, mas me deixou com vontade de ler o livro, até porque minha amiga disse que a versão das telas não é totalmente igual ao livro (nunca é, né?). Gostei da sua resenha, para quem é fã da Jane Austen é realmente muito fácil criar altas expectativas quanto às obras relacionadas à autora e o mundo por ela criado. Aconteceu a mesma coisa comigo em "Orgulho & Preconceito & Zumbis" :x Beijos!

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei! me bateu uma super curiosidade, e com certeza quero ler e ver o filme :)

    http://byanak.blogspot.com.br/2014/05/lugares-escondidos-lynn-austin.html

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!