[Resenha] Eu, Alex Cross - @editoraarqueiro

19 novembro 2012
Nome: Eu, Alex Cross
Autor(a): James Patterson
Páginas: 224
ISBN: 9788580410334
Editora: Arqueiro
Ano de lançamento: 2011
Comprar: Saraiva
Numa noite de festa, Alex Cross recebe uma notícia chocante. O detetive está comemorando seu aniversário quando atende a um telefonema informando que sua sobrinha, Caroline Cross, foi brutalmente assassinada. Ele jura que vai capturar o criminoso e logo descobre que Caroline estava envolvida com prostituição e não foi a única vítima. Garotas de um clube privativo desaparecem misteriosamente. Atrás de pistas do assassino, Alex e a namorada, a detetive Brianna Stone, vão a um lugar onde é possível realizar qualquer fantasia, desde que se conheçam as pessoas certas para entrar. É lá que um homem misterioso e de gosto excêntrico, autodenominado Zeus, sacia seus desejos. Alex e Bree percebem que terão que enfrentar figuras muito importantes, perigosas e bem protegidas, das mais altas esferas da sociedade. E uma coisa é certa - elas farão de tudo para manter seus segredos.


Alex é um detetive do departamento de homicídios, já tinha visto muitas mortes feias, mas no dia do seu aniversário, recebeu uma ligação dizendo que havia acontecido um assassinato, e a garota morta era sua sobrinha Carolina Cross. Fazia muitos anos que ele não a via, desde a morte de seu irmão, mas mesmo assim, sentia aquele pesar no peito.

Ao saber que não haviam encontrado o corpo de sua sobrinha e sim “os restos”, Alex sentiu-se mais do que na obrigação de descobrir quem tinha feito aquilo, sua busca começa vasculhando o apartamento de sua sobrinha, isso faz com que ele descubra que ela é acompanhante.  Depois de muito quebrar a cabeça, acaba desconfiando que a morte de sua sobrinha e de outras pessoas pode estar ligada ao governo dos Estados Unidos. E sim, realmente está ligada a Casa Branca.

Difícil falar mais sobre o enredo sem dar spoiler, rs...

Assim que as lâmpadas foram acesas, o quarto pareceu ficar radioativo. As paredes, o chão, a mobília, tudo assumiu um tom azul florescente berrante. Era um daqueles momentos em que minha vida realmente parecia um episódio de CSI.


Um comentário:

  1. Gosto de livros policais e esse deve ser interessante.
    bjs

    Joyce
    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!