22 novembro 2012

Escritor Parceiro: Tainá Ruiz


Ian poderia muito bem ser um garoto normal. Mas ele não é. O que o difere dos demais é o dom de se comunicar com os mortos. Isso nunca o afetou diretamente... Até conhecer os irmãos Will e Elizabeth. Antes que possa evitar, Ian se encontra envolvido em um grande mistério e ele precisa resolvê-lo antes que isso lhe custe a vida.

Quando conheci o blog, me encantei pela história, vale muito a pena conferir! Conheçam um pouco mais da autora:


Tainá Ruiz de Souza  nasceu em São Paulo, Capital, em 7 de Julho de 1995.
Com apenas dois anos, mudou-se com a família para Jaguariúna, uma pequena cidade no interior do estado onde vive com os pais.
Aos seis anos aprendeu a ler e logo também a escrever. Já participou da coletânea Vidas Passadas, com o conto Sonhos. Além da trilogia Cidade Fantasma, tem mais dois projetos em andamento.

* O que te inspirou a escrever “Cidade Fantasma”? Como surgiu a ideia?

Nunca sei o que responder quando me deparo com essa pergunta! [risos] É exatamente por isso que a resposta nunca é a mesma. Penso que a ideia surgiu através de uma autoanálise. Assim como o personagem Ian, houve um momento em minha vida que me senti invisível. Como se eu fosse um fantasma, presa a um mundo ao qual eu não podia interagir. É uma fase comum na vida de todos e talvez o livro tenha sido escrito com a intenção de despertar o herói em cada um. Porque, veja, Ian é um rapaz comum. Sem nada que o destacasse no mundo. E por isso ele vê em Elizabeth a oportunidade de ser mais do que isso. De viver uma aventura da qual ele pudesse se lembrar. Acho que a inspiração de Cidade Fantasma é essa, a mesma reflexão que tornou Ian notável: você está vivendo ou apenas existindo?

* Além de “Cidade Fantasma” tem algum outro projeto em mente?

Tenho mais dois projetos em mente, um drama e um romance sobrenatural.

* Qual seu personagem favorito na história?

Gosto muito de todos, todos mesmo. Confesso que tenho um carinho enorme por Will, mas minha queridinha é Elizabeth. Reuni nela alguns dos meus traços que mais detesto, como forma de trabalhar para melhorá-los. E funciona bem, porque analisando o comportamento dela, sou capaz de me compreender mais profundamente.

* Pretende seguir carreira como escritora?

Com certeza, sim. Espero que a sorte esteja do meu lado [risos]

* Qual seu livro favorito?

Uau. Essa pergunta é impossível de ser respondida. Mas, “A Garota das Laranjas” de Joisten Gaarder e “Alice no País das Maravilhas” de Lewis Caroll estão sem dúvidas no topo da minha lista.

* Qual seu autor favorito?

Sou fã declarada de Rick Riordan, mais conhecido pelo seu trabalho “Percy Jackson e os Olimpianos”.

* O que mais inspira você na hora de escrever?

Tudo me inspira um pouquinho, mas música é sem dúvidas a maior inspiração que qualquer artista poderia ter.

Perguntas rápidas:

* Maior sonho: Que algum livro meu se torne um “best-seller”.

* Uma música: Gabrielle Aplin – Home.

* Um filme: Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças.

* Um ídolo: Amy Lee, do Evanescence.

* Agradeço a possibilidade de entrevista-la! Quer deixar um recado para os leitores?

Querida, eu que lhe agradeço pelo carinho. O conselho de sempre:

”A única forma de chegar ao impossível é acreditar que é possível”

Saiba mais sobre a série!



2 comentários:

  1. Parabéns pela parceria! Adoro a Tainá, escreve pra car*lho, talentosa e fofa! :) Besos!

    www.twitter.com/itsmeantonnio

    ResponderExcluir
  2. Quero agradecer pelo apoio e pelo espaço.
    Ficou ótima a postagem.
    Beijos e sucesso!

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!