[Resenha Dupla] Estrela Píer - @NovoSeculo

13 agosto 2012


Nome: Estrela Pier
Autor(a): Kamila Denlescki
Páginas: 231
ISBN: 9788576792758
Editora: Novo Século
Ano de lançamento: 2009
Comprar: Saraiva
Lucia tem uma vida monótona e previsível até vencer o concurso mais cobiçado do momento.
Não apenas ganha uma viagem para Londres, como também um jantar com o ator inglês Richard Clevehouse.O que era sorte, entretanto, muda de cor. Richard, o belo ator de olhar sombrio, guarda um segredo: a vida de Lucia corre perigo. E ele fará de tudo para protegê-la, mesmo que, em troca, tenha de sofrer muito mais do que espera.
Das certezas, apenas uma:
Não há para onde fugir! 




Resenha (Fabi Bezerra) 

Olá galera! Desculpe a ausência na coluna de poemas, vou tentar me redimir com a resenha de um livro que li esse sábado, pois é consigo devorar alguns livros em um único dia, algo comum para pessoas que gostam de ler, acredito que muitos de vocês conseguem entender o fato. Então bora ao que interessa?

O livro Estrela Píer da autora paulista Kamila Denlescki, conta a história de Lucia Píer Eli uma jovem com uma vida monótona e previsível até vencer o concurso mais cobiçado do momento e ver a sua vida se transformar em uma aventura sem fim.


Fui conquistada ao prólogo da leitura pela descrição da primeira cena, fiquei realmente em dúvida quanto à época em que se passaria a história, mas estava tão boa que nem pensei muito neste fator, apenas em como o livro parecia ser bom, afinal de contas, começa em pura ação. Daí no primeiro capítulo entendi a jogada, um jeito bem diferente de iniciar um livro, uma grata surpresa por sinal.

Vocês devem estar curiosos, bem essa é a minha intenção, mas devo advertir de que se vocês ficarem impacientes do segundo capítulo em diante, acalmem os coraçõezinhos e fiquem tranqüilos, porque do sétimo capítulo em diante a história ferve até o final... E nossa, que final em Kamila.
Gostaria de ganhar um concurso desses, mas deixo registrado o motivo que seria a ida à Londres em hotel de luxo, nenhuma relação com o cobiçado Richard Clevehouse. Bom preciso parar por aqui, não posso revelar muito sobre o livro, apenas dizer que realmente vale apenar ler... E Kamila aguardando ansiosa o próximo livro. 



Resenha (Cacá Adriane) 

Bom vou começar essa resenha por um aspecto que julguei interessante no livro e como sempre dizem que se julga um livro pela capa, então irei iniciar por ela. A capa foi feita pela própria escritora, que pelo que diz na aba interna é estudante de artes, isso foi inusitado para mim.

Concordo com a Fabi em relação ao inicio do livro, foi fantástico e me surpreendeu, como escrevo livros também, pensei “como nunca me ocorreu essa idéia, que coisa mais sensacional”, porem após isso se sucedeu alguns capítulos um pouco monótonos, onde eu não via a hora da ação realmente acontecer. Ao decorrer desses capítulos iniciais, somos apresentados à avó e a irmã de Lucia e não consegui sentir nenhuma empatia/ligação com elas, não gostava e nem desgostava das personagens (mas essa foi a minha reação). O livro começa a se movimentar com o concurso, onde finalmente a personagem principal conhece o personagem masculino principal do livro (mocinho), que era para ser um vilão, mas não achei que Richard fosse um vilão, na verdade ele parecia um mocinho mesmo... Então o livro começa a esquentar.


Depois disso vários fatos vão acontecendo e você se consome de curiosidade querendo saber o que eles são, ou o que os persegue, ou tantas outras coisas que você só quer ler e ler.

Um fato que chamou muito a minha atenção foi a possibilidade de um triangulo amoroso, em uma possível continuação (pois o final do livro, nos indica que haverá um livro 2), adoro triângulos e sempre gosto dos vilões (o que nesse livro era para ser o mocinho – só lendo o livro para entender do que estou falando). Amei particularmente uma parte do livro entre o casal principal onde, mais ou menos o Richard diz “você vai querer ir embora” e Lucia responde “não vou” e ele retruca “não diga isso, porque quando chegar o momento não vou deixa-la ir ” – bom não quis copiar os trechos do livro para não estragar a leitura, então esse é um esboço da conversa – Essa parte para mim foi a que fez meu coração bater bem rápido.

A idéia do livro (tema) é bem original e realmente não esperava que fosse aquilo, estou tão acostumada a ler vampiros, anjos e lobos que definitivamente fiquei surpresa.

O final foi instigante ao extremo, tanto que me fez ir ao Google pesquisar se Estrela Píer teria uma continuação, mas não achei nada a esse respeito... 


Beijos!
Cacá e Fabi

3 comentários:

  1. Gente sempre vejo falar muito bem deste livro, já está na minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  2. Olhei de relance e a capa pareceu do Morro dos Ventos uivantes... Chikk ..

    beijos

    Guilherme Kunz
    http://tematoa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Me encantei com ambas as opiniões e fiquei bem interessada no livro.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!