Condenáveis - Uma história de Pai e Filho

12 julho 2012
O lançamento do livro “Condenáveis – Uma História de Filho e Pai” traz um novo ponto de vista sobre a Operação Guilhotina, que levou 33 policiais civis e militares à prisão no ano passado. Na história, o jornalista Leonardo Torres conta sua reação quando descobriu, através da TV, que seu pai havia sido preso.

Filho de pais separados, o autor não tinha vínculo afetivo com o acusado de, entre outros crimes, formação de quadrilha e comércio ilegal de arma de fogo. Mas a notícia da prisão piorou a relação entre os dois, afastando-os ainda mais. O filho não prestou apoio ao pai, nem o pai buscou o filho para dar qualquer explicação.

A partir deste incidente grave, Leonardo Torres repensou sua infância e adolescência para entender a falta de afinidade com o pai machista, grosso e ditador. Duro e realista, o relato autobiográfico mostra que os laços sanguíneos não significam obrigatoriamente a existência de afeto.

O livro está à venda no site oficial do jornalista, nas versões impressa e e-book: www.falaleonardo/livro.


*Leonardo Torres é jornalista, blogueiro e pós-graduando em Jornalismo Cultural pela UERJ. No momento, escreve sobre música pop para o Portal POPLine, da MTV. Suas experiências anteriores incluem passagens pelos sites Plus TV, SRZD e Pipoca Moderna, sempre focado na cobertura cultural. Também é conhecido pelo extinto blog Estou em Transe.

SINOPSE
Ele descobriu que o pai havia sido preso através de um programa de TV. No início, sentiu culpa e vergonha por acreditar ser filho de um criminoso. Depois, raiva e aversão. Tudo o que queria era distância.
Policial civil conhecido pelo combate ao tráfico de drogas, o pai foi acusado de venda de armas e repasse de informações sigilosas a traficantes procurados no Rio de Janeiro. Era a chamada Operação Guilhotina, que ocupou os noticiários nacionais em 2011.
Estudante de Jornalismo, o filho tinha pânico que os colegas de trabalho descobrissem sua descendência. Nunca pensou em visitar o pai na cadeia ou em telefonar para ele após sua libertação. O filho condenou o pai e, neste livro, explica o porquê.

Adcione o livro na sua estante do Skoob, clique aqui!

5 comentários:

  1. Oi!
    Wow, que história! Tenho um pouco de receio de comentar sobre livros assim :T vai entender... kkk
    Acho que darei uma chance a ele, estou bem intrigado com isto.
    Beijos,

    Gabriel M. Souza
    http://carolespilotro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. A história para ser uma boa mesmo. Vou procurar mais informações. Tenho até receio de adicionar na minha lista porque já tem quase 100! rs

    Convido-lhe a visitar o Lar da Escriturária. Deixe seu comentário com sua opinião e se gostar do conteúdo siga à vontade. Eu mesma só sigo blogs que gosto de ler pra voltar sempre e comentar.
    http://larescrituraria.blogspot.com
    Paz!

    ResponderExcluir
  3. Flor que graça aqui, não conhecia este livro, parece ser uma história tensa, mas bem instrutiva.

    www.profanofeminino.com

    ResponderExcluir
  4. vi a sinopse desse livro em outro lugar, já está na minha lista de quero ver!
    a sinopse é boa :_

    beijos
    rascunhoseborroes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda! Aqui é o Doug do multinverso=]Seguindo sua dica, vim aqui fazer uma visitinha, e gostei muito do seu blog, viu? A abordagem que voce faz das resenhas é muito boa! Sempre que possível, vou vir aqui=]
    p.s.Faço parte de um outro blog, se você quiser conhecer depois, e quem sabe abrir uma parceria conosco: http://pubdobob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!