[Resenha] A Marca de uma lágrima - @Editora_Moderna

06 janeiro 2012



Nome: A marca de uma lágrima
Autor(a): Pedro Bandeira
Páginas: 128
ISBN:  8516009858
Editora: Moderna - Ano de lançamento: 1994

Isabel (personagem principal) acaba escrevendo lindos versos para ajudar o namoro de Rosana, sua melhor amiga, com Cristiano, seu grande amor. A morte da diretora da escola vem alterar sua vida e precipitar os acontecimentos. Isabel foi testemunha de uma cena muito suspeita e se sente ameaçada. A idéia da morte começa a tomar conta de seu cérebro, enquanto seu coração se despedaça pelo amor de Cristiano.

O livro conta à estória de Isabel, uma menina insegura que não tem muita alto-estima e se acha a bolacha do meio do Pacote de biscoito. E acredita que sua melhor amiga é muito mais bonita, sexy e atraente que ela -bem típico-, e não tem uma das melhores relações com a mão-coisa também nada surpreendente.

Depois de sua mãe insistir tanto ela decide ir à ultra, mega, chata festa do seu primo-mais irritante -Cristiano –que graças, não via há séculos-e pra isso nada melhor do que ter por perto a BFF, porém para sua grande surpresa, Cristiano havia crescido e se tornado o primo de consumo de qualquer garota.

Como era de se esperar, ela se apaixona por ele nessa festa, e tem total certeza que é correspondia quando recebe um beijo no meio do jardim -após, devo ressaltar, estar totalmente bêbada-.Só que para o seu desprazer, no outro dia ele aparece dizendo que está apaixonado pela tal melhor amiga e pede ajuda de Isabel para conquistá-la. A amiga que não é nada boba, também está apaixonada por ele e adivinhem... Pede ajuda a Isabel também.Novamente, bem típico, ela ao invés de ser sincera com ambos, começa a sofrer em silêncio, e ajudá-los no namoro intermediando cartas apaixonadas, Detalhe: cartas que ela mesmo escreve-porque nenhum dos pombinhos tem capacidade de escrever as coisas que sentem-e são nessas poesias que ela vai descrevendo todo o sentimento dela pelo Cristiano.

Enquanto isso um amigo do Cristiano –Fernando -se mostra apaixonado por ela, porém ela não o percebe e nenhuma das outras coisas que aconteceram e estão acontecendo -porque esta cega de amor-, no entanto o final nos traz uma emocionante surpresa, que é claro não vou contar.

A Trama ainda possui outros conflitos, como um assassinato no qual Isabel é a única possível testemunha e principal suspeita.Além também das decepções que acontecem ao longo das páginas.

Bom é isso...
Só posso disser que o livro é ótimo e que vai ser inesquecível pra mim! A marca de uma lágrima (Pedro Bandeira).

Um dos poemas do livro que descrevem bem os sentimentos da Isabel:

Ah, tormento que eu não posso confessar...
O que eu escrevo é a verdade, eu não minto,
eu declaro tudo aquilo que eu sinto,
e é a outra que teus lábios vão beijar...

Sei que quanto mais verdade tem no escrito,
mais distante eu te ponho dos meus braços,
pois desenho o paralelo de dois traços
que na certa vão perder-se no infinito...

Estes versos feitos para te emocionar
justificam todo o amor que tens por ela
e as carícias que esses dois amantes trocam.

E eu te excito, sem que venhas a notar
que esses lábios que tu beijas são os dela,
mas são minhas as palavras que te tocam.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Comente algo sobre o post ou a respeito do blog;
Vamos adorar saber sua opnião, mas sem ofensas e nem palavras baixas, ok?

Obrigada pelo seu comentario ^^
Volte sempre!